Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

Definição nota 1.000

10/11/2014 16:25

O que é isso? O que é aquilo? O que é aqueloutro? Crianças não se cansam de perguntar. A gente responde o que pode. Muitas vezes não dá conta. Diz, então, qualquer coisa. Meninos e meninas, que não têm tempo a perder, fingem que acreditam. Dão meia-volta e partem pra outra.

Na vida profissional, a história não é tão fácil. Há momentos em que temos de definir. Precisamos de engenho, arte e, sobretudo técnica pra dizer o que é que queremos dar a entender quando empregamos uma palavra ou nos referimos a um objeto ou ser. O desafio: o definido só pode ser o definido — sem possibilidade de confundir-se com outro.

Como chegar lá? A definição não é filha de chocadeira. Tem berço, trajetória e estrutura composta de quatro elementos. É importante respeitá-los e dispô-los como manda a lógica:

a. termo — o ser que será definido

b. cópula — o verbo ser

c. gênero — a classe (ou ordem) de coisas a que pertence o termo

d. diferenças — tudo o que diferencia o termo definido de outros da mesma classe

Exemplos
Homem é um animal racional.

O termo é homem. A cópula, é. O gênero, animal. A diferença, racional.

*

Substantivo é a classe de palavras que dá nome aos seres.

O termo é substantivo. A cópula, é. O gênero, classe de palavras. A diferença, que dá nome aos seres.

*

Quadrado é um quadrilátero de ângulos retos e lados iguais.

O termo é quadrado. A cópula, é. O gênero, quadrilátero. A diferença, de ângulos retos e lados iguais.

*

Falar é exprimir-se por meio de palavras.

O termo é falar. A cópula, é. O gênero, exprimir-se. A diferença, por meio de palavras.

Olho vivo
Às vezes o enunciado tem cara de definição, mas definição não é. Se você pergunta a uma criança o que é chuva, é bem provável que ela responda "chuva é quando chove". Será? Quando chove há chuva. Mas chuva, segundo o Aurélio, "é a precipitação atmosférica formada de gotas de água cujas dimensões variam entre 1mm e 3mm, por efeito da condensação do vapor de água contido na atmosfera".

Exigências
A definição tem exigências das quais não abre mão. Como saber se elas foram atendidas? Há jeitos. Ela deve:

1. ser breve — formada de uma só frase.

2. ser expressa em linguagem simples, familiar ao leitor ou ouvinte.

3. ser afirmativa (dizer o que é, não o que não é). Não há definição quando se diz que "homem não é cachorro".

4. ser recíproca pra ser completa e satisfatória. O "homem é um ser vivo" não é definição porque nem todo ser vivo é homem. Peixe é ser vivo, mas não é homem.

5. O termo deve pertencer ao gênero. Homem é animal, não vegetal ou coisa. Quadrado é quadrilátero, não móvel ou ferramenta. Substantivo é classe de palavra, não carro ou dicionário.

6. O gênero tem requisitos. Deve ser suficientemente amplo pra compreender a espécie definida e suficientemente restrito pra que as características do termo definido sejam entendidas sem confusão de espécies. Dizer que homem é "ser vivo"? Ops! O gênero é pra lá de amplo porque inclui milhões de criaturas que nada têm a ver com o homem. Dizer que o homem é "animal que vive na cidade" é demasiadamente restrito, porque exclui outros homens.

7. A estrutura gramatical é rígida: o termo e o gênero têm de pertencer à mesma classe de palavras : homem (substantivo) é animal (substantivo). Falar (verbo) é exprimir-se (verbo). Quando a gurizada diz que chover é "quando chove", "quando chove" não é verbo como chover. É oração. Não vale.

8. Não se pode usar no gênero o termo que se está definindo. Dizer que homem é homem, gato é gato, móvel é móvel ninguém discute. Mas não é definição.

Leitor pergunta


Vale a pena? Vale à pena? Nunca sei.
Mônica Berna, Canoas

Crase é a fusão de dois aa. Um deles é a preposição. O outro, o artigo ou o a do pronome demonstrativo (aquele, aquela, aquilo). Sem a duplinha, nada feito. Há um truque infalível pra descobrir se ocorre encontro. Substitua o nome feminino por um masculino. Não precisa ser sinônimo. Se no troca-troca der ao, sinal de crase. Caso contrário, sem chance. Veja: Fui à piscina. (Fui ao clube). Vale a pena. (Vale o trabalho).


PESQUISA DE CONCURSOS