Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

Falou e disse

02/03/2015 13:55

Somos criaturas sociais. Por isso, adoramos conversar. No bate-papo, contamos casos, emitimos opiniões, citamos falas alheias. O verbo, claro, entra na roda e desempenha senhor papel no texto. Ele dá nuanças à declaração. Dizer — claro, pequeno, íntimo — é o mais neutro, mas nem sempre o mais adequado. Ao substituí-lo, abra os olhos e limpe os ouvidos. Sem atenção plena, você pode confundir as bolas e confirmar o alerta de Mário Quintana: "A gente pensa uma coisa, diz outra, o leitor entende outra, e a coisa propriamente dita desconfia que não foi propriamente dita". Quer ver?

"O rebaixamento da Petrobras é injusto", disse Dilma.
"O rebaixamento da Petrobras é injusto", insistiu Dilma.
"O rebaixamento da Petrobras é injusto", alertou Dilma.
"O rebaixamento da Petrobras é injusto", protestou Dilma.
"O rebaixamento da Petrobras é injusto", enfatizou Dilma.
"O rebaixamento da Petrobras é injusto", mentiu Dilma.

Por falar em dizer...

Olho vivo, moçada. Uma praga se alastra Brasil afora. É o uso do falar como sinônimo de dizer. Bobeiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiira. Se o emprego fosse indiferente, não teria sentido a expressão falou e disse. Mas tem. Vale distinguir a praia de cada um:

Dizer é afirmar, declarar: Quem disse isso? A testemunha disse a verdade. Ele diz mentiras sem corar. O servidor disse o que fez na viagem. O filho dirá ao pai que quer estudar no exterior. O presidente da Câmara disse que daria passagem às mulheres dos deputados. Deu.

Falar é dizer palavras, exprimir-se com palavras: Falo inglês e francês. Você fala línguas estrangeiras? Maria fala várias línguas. Crianças falam pelo prazer de ouvir a própria voz. João e Rafa falaram antes de completar um ano. Falou com o prefeito sobre as festas de formatura. O diretor se nega a falar no assunto. O apelo da criança fala ao coração.

Sem erro
Falar ou dizer? Na dúvida, parta para o troca-troca. Substitua o falar pelo dizer. Se der certo, não pense duas vezes — dê passagem ao dizer: Ministro fala que o plano vai dar certo? Não. Ministro diz que o plano vai dar certo. Eu falei que vou cortar o cabelo? Nem pensar. Eu disse que vou cortar o cabelo. Ele fala e não fala nada? Não e não. Ele fala e não diz nada. É melhor falar e dizer.

La Bruyère ensinou
"'Arrependemo-nos raramente de falar pouco, com muita frequência de falar demais": máxima usada e trivial, que todo mundo sabe e ninguém pratica.'"

Caiu do céu?

A coluna passada falou de duas palavras em que o acento faz a diferença. Uma: a cor cáqui. A outra, caqui, a frutinha que desce redonda e gostosamente. Alunos do Colégio Militar se manifestaram: "Não podemos errar a grafia do nosso uniforme. Por isso a dica disse o que sabiámos. Que tal avançar? Fale sobre a história da palavra. Ouvi dizer que é pra lá de curiosa". É mesmo. Ei-la:

Cáqui é cor que não sai da moda. Desfila nas passarelas, frequenta as telas de cinema, toma assento nos bancos escolares. A palavra veio de longe, lá da Índia. Em hindi-urdu quer dizer cor de terra. Como nasceu? O uniforme do exército britânico tinha calças brancas. A poeira as encardia. Os militares decidiram tingir as vestes usando café e caril em pó. Viva! A invenção se tornou padrão também para o exército norte-americano. Depois ganhou o mundo.

Leitor pergunta

Depois de ouvir reportagens do africano que queria ir para a Guiana e foi para Goiânia, fiquei na dúvida sobre a pronúncia da palavra Guiana. Alguns pronunciaram "Güiana". Outros, Gúiana. E daí?
Edilene Gonçalves, lugar incerto

O Brasil, Edilene, não tem pronúncia padrão. Por isso se ouvem diferentes formas de dizer uma palavra. Guiana é uma das eternas dúvidas. O Michaelis, único dicionário que registra a pronúncia do vocábulo, põe acento agudo no u: (gúi)ana, (gúi)anês.

***

Dúvida de uma fisioterapeuta: Suas costas melhorou? Suas costas melhoraram?
Taciana Luz, lugar incerto

Costa é o litoral. Costas, o dorso do corpo: Percorri a costa africana. A costa brasileira tem belas praias. Sinto dor nas costas. Minhas costas melhoraram com o fisioterapia.

PESQUISA DE CONCURSOS