Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

Inpi nomeará aprovados em concurso para especialista de 2012

04/11/2013 11:24

No Diário Oficial da União desta segunda-feira (4/11), sete vagas foram autorizadas pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MP) para serem providas no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (Inpi). As oportunidades são para o cargo de especialista sênior em propriedade intelectual, oferecidas no concurso lançado em novembro de 2012. Foram, ao todo, 242 vagas imediatas para candidatos com níveis médio e superior. De acordo com a portaria publicada na página 110 da primeira seção, os novos servidores serão lotados na cidade do Rio de Janeiro. Segundo o edital de abertura, os cargos de nível superior na disputa foram pesquisador em propriedade industrial (nas áreas de eletricidade; telecomunicações, computação e eletrônica; engenharia mecânica; engenharia civil; e arquitetura); tecnologista em propriedade industrial (para graduados em qualquer área); analista de planejamento, gestão e infraestrutura em propriedade industrial (nas áreas de gestão da tecnologia da informação/infraestrutura em TI, desenvolvimento e manutenção de sistemas; gestão financeira; administração; arquivologia; arquitetura; engenharia de segurança do trabalho, elétrica, mecânica e civil; administração; pedagogia; direito; economia; comunicação social; e estatística). Já para quem possui nível médio os cargos oferecidos foram os de técnico em planejamento, gestão e infraestrutura em propriedade industrial e técnico em propriedade industrial. As remunerações totais variaram, na época, de R$ 2.504,68 a R$ 6.557,47. Atualmente, o vencimento ao posto de especialista sênior varia de R$ 15.009,95 a R$ 16.337,55, na categoria ativo. Os candidatos foram submetidos a provas objetivas e discursivas, além de avaliação de títulos. O Centro de Seleção e Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB) foi a banca organizadora da seleção. Cinco por cento das oportunidades foram destinadas a pessoas com deficiência.

PESQUISA DE CONCURSOS