Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

MTE altera data de publicação do resultado provisório de duas etapas

11/12/2013 09:24

O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) alterou por meio da banca organizadora, o Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB), a data de publicação dos resultados provisórios das etapas de sindicância de vida pregressa e avaliação multiprofissional dos candidatos que se declararam com deficiência. Antes prevista para o dia 11 de dezembro, a publicação agora deverá ser realizada no dia 16 do mesmo mês. As etapas são referentes ao concurso com 100 vagas para auditor-fiscal do trabalho. Na seleção foram contabilizados 48.035 candidatos. A concorrência geral da seleção foi de, aproximadamente, 480 pessoas por chance. De acordo com o edital de abertura, para concorrer foi preciso ter graduação em qualquer área em instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). A remuneração do posto é de R$ 14.280 para uma jornada de trabalho de 40 horas semanais. Do total de oportunidades, cinco foram reservadas às pessoas com deficiência. Ainda não está definido o local de lotação dos aprovados neste concurso. Segundo o MTE, só após a homologação do resultado final serão reveladas quais unidades administrativas do ministério serão ocupadas. Entre as funções do cargo de auditor-fiscal do trabalho estão a verificação dos registros nas carteiras de trabalho, visando reduzir os índices de informalidade; a verificação do recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS); o cumprimento de acordos coletivos de trabalho; e a investigação sobre a existência de fraudes e irregularidades no exame da contabilidade de empresas, por exemplo.

PESQUISA DE CONCURSOS