Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

Planejamento autoriza nomeação no Iphan, Marinha e Aeronáutica

15/01/2014 10:31

O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão autorizou nesta quarta-feira (15/1), no Diário Oficial da União, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), a Marinha do Brasil e a Aeronáutica a nomearem 150 aprovados em concursos públicos. Para os três, a nomeação está condicionada à existência de vagas e à adequação orçamentária e financeira da nova despesa à Lei Orçamentária Anual. Segundo as portarias, os provimentos devem ocorrer já a partir deste mês. No Iphan serão 73 aprovados referentes ao concurso aberto em 2009. Os postos contemplados são analista (19) e auxiliar institucional (54). Na época, foram oferecidas 187 oportunidades nas especialidades de auxiliar institucional, que exige formação básica e de técnico e analista, ambos de nível superior. A remuneração variou de R$ 2.274,42 a R$ 3.257,22. Os 36 mil inscritos foram submetidos à prova objetiva para todos os cargos. Candidatos graduados também passaram por avaliações discursivas, de títulos e comprovação de experiência profissional. Já na Marinha, o Planejamento autorizou a nomeação de 64 professores aprovados em concurso de 2013. O edital de abertura da seleção ofereceu 66 vagas de professores, com salários que chegavam a R$ 8 mil. Os contratados serão destinados a atuar nas Organizações Militares do Rio de Janeiro (RJ) - Centro de Instrução Almirante Graça Aranha (Ciaga), Centro de Instrução Almirante Wandenkolk (CIAW), Diretoria de Hidrografia e Navegação (DHN), Escola Naval (EN) e de Belém. Por fim, a terceira autorização foi para provimento de 13 professores para a Aeronáutica. O certame foi autorizado em agosto de 2012.

PESQUISA DE CONCURSOS