Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

Planejamento autoriza Ancine a nomear 41 aprovados em concurso

22/04/2014 18:12

O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) autorizou a Agência Nacional do Cinema (Ancine) a nomear 41 aprovados ao cargo de especialista em regulação da atividade cinematográfica. O documento foi publicado no Diário Oficial da União (seção 1, página 104), desta terça-feira (22/4). Segundo a publicação, o provimento dos postos deverá ocorrer a partir do mês de abril. O concurso ofertou, ao todo, 69 vagas. Além das chances de especialista, também houve vagas para analistas administrativos. Os salários são de R$ 9.263,20 e R$ 10.019,20, respectivamente. Toda as oportunidades são para lotação na sede da agência, localizada no Rio de Janeiro. O Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB) foi a banca organizadora. Foram registradas 16.938 inscrições, gerando uma concorrência média de 248 candidatos por oportunidade. O cargo com a maioria das participações foi o de analista administrativo, da área I, com 8.805 candidatos. Para as três áreas oferecidas para especialistas em regulação da atividade cinematográfica e audiovisual, que somaram 41 vagas, exigiu-se nível superior em qualquer área de formação. A remuneração para este posto é de R$ 10.019,20. Veja o edital do concurso. O cargo de analista administrativo I, com 15 chances, exigiu nível superior em qualquer área de formação. Já para analista administrativo II foram nove oportunidades para candidatos com nível superior em tecnologia da informação, análise de sistemas, sistemas de informação, engenharia de sistemas, engenharia de computação ou ciência da computação. Para analista administrativo III, com quatro vagas, foi exigido curso de nível superior em engenharia civil ou engenharia mecânica. O salário para os três postos é de R$ 9.263,20.

PESQUISA DE CONCURSOS