Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

Seis órgãos aplicam provas no domingo; confira os horários e locais

23/05/2014 18:03

A Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação de São Paulo (Prodam/SP), a Fundação do ABC, o Ministério Público de São Paulo (MPSP), a Polícia Civil de Tocantins (PCTO), a Agência de Fomento de São Paulo (Desenvolve/SP) e o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJRS) realizam provas neste domingo (25/5). Confira os horários e locais de realização da etapa. Prodam/SP A oferta é de 1.132 chances de níveis médio e superior. A Coordenadoria de Apoio a Instituições Públicas (Caipimes), organizadora da seleção, divulgou que 3.508 pessoas se inscreveram na seleção - concorrência de, aproximadamente, três por vaga. As provas objetivas estão marcadas para às 8h30. Confira aqui os locais de prova. Do total de chances, 12 são imediatas e 1.120 de cadastro reserva. Os salários variam entre R$ 1.871,48 e R$ 8.016,32. Candidatos que possuem ensino médio vão disputar as funções de auxiliar de enfermagem no trabalho e técnico I nas especialidades de assistente administrativo; eletricista data center; incidentes; microinformática; preparação de dados; rede e secretariado. Graduados, por sua vez, podem concorrer aos cargos de analista organizacional I, nas especialidades de controle financeiro; desenvolvimento de pessoas e serviço social; analista de TIC I nas especialidades de infraestrutura, liberações, monitoramento e apoio ao suporte, operação e apoio ao suporte, processos, entre outros; analista de TIC II nas áreas de designer de interface web, processos, programação, programação visual, suporte de banco de dados, entre outros; e analista de TIC de arquitetura SOA e metodologia. O processo seletivo é válido por dois anos, podendo ser prorrogado por igual período. Fundação do ABC A oferta é de 88 vagas imediatas e 250 para cadastro reserva. A Coordenadoria de Apoio a Instituições Públicas da Universidade Municipal de São Caetano do Sul (Caipimes), banca organizadora, não divulgou a quantidade de inscritos. As provas começam às 9h. Para conferir os locais, clique aqui. O posto é de agente comunitário de saúde. Do total de chances, 5% são destinadas a pessoa com deficiência. Para participar é preciso ter concluído o ensino fundamental. Os aprovados serão lotados em São Bernardo do Campo/SP. A remuneração é de R$ 880 para jornada de 40h semanais. Haverá também uma dinâmica de grupo. A validade do processo é de um ano, podendo ser prorrogado por mais um ano, a contar da data de homologação. MPSP O órgão visa preenchimento de 37 vagas para o cargo de auxiliar de promotoria I. A função exige ensino fundamental completo e o salário ofertado é de R$ 2.131,52, por jornada de trabalho de 40h semanais. De acordo com a banca organizadora, a Fundação Vunesp, 54.793 candidatos se inscreveram no certame - a concorrência de, aproximadamente, 1.480 pessoas por vaga. As provas ocorrem às 13h, confira os locais aqui. A avaliação objetiva, única etapa do certame, será composta por 60 questões que versarão sobre as disciplinas de língua portuguesa, matemática, história, geografia, atualidades e legislação. A duração máxima do exame é de 4h. Aprovados serão lotados nas unidades administrativas vinculadas à capital e a Grande São Paulo. A seleção é válida por dois anos, podendo ser prorrogada por igual período. PCTO São 515 vagas para a Policia Civil do Tocantins (PCTO). Do total de oportunidades, 397 são para provimento imediato e 118 para formação de cadastro reserva. A Fundação Aroeira, da Pontifícia Universidade Católica de Goiás, é a banca organizadora do certame. Não foi divulgada a quantidade de inscritos. Para conferir os locais e horários das provas para candidatos a delegado, clique aqui. Das chances imediatas, 162 serão para escrivão, 97 para delegado, 60 para perito criminal, 38 para agente, 20 para agente de necrotomia, 10 para papiloscopista e 10 para médico legista. O salário para delegados é de R$ 10.735,28. A taxa custa R$ 160. Já a remuneração para escrivão, agente de polícia, agente de necrotomia, e papiloscopista é e R$ 4.150,10. A taxa custa R$ 150. O edital não informou a remuneração dos cargos de perito criminal e médico legista. A taxa também custa R$ 150. As provas serão divididas por cargos, no dia 1º de junho haverá provas objetivas para os demais postos. Haverá ainda exames médicos, teste de aptidão física, exame psicológico, entrega de títulos e curso de formação (este apenas para peritos criminais). Desenvolve/SP São 31 vagas e cadastro reserva. Os salários variam de R$ 2.535,02 a R$ 3.837,80. De acordo com a banca organizadora, a Fundação Vunesp, 1.550 pessoas se inscreveram no certame. Confira aqui os horários e locais de prova. Há chances para advogado, analista de sistemas, auditor, contador, economista, engenheiro e analista (para formados em administração, ciências contábeis, direito, economia, engenharia, estatística, marketing, matemática, pedagogia, serviço social, logística, comunicação social, relações públicas, secretariado executivo, e tecnólogo em processamento de dados, telecomunicações ou rede de computadores). TJRS São 133 vagas para níveis médio e superior. Estão reservados 10% das oportunidades para pessoas com deficiência. Das chances, 116 são para o cargo de oficial de justiça e 17 para assistente social judiciário. As provas ocorrem às 9h, confira os locais de realização no site da Fundação de Apoio da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (FAURGS), organizadora do certame. Os exames serão aplicados nas cidades de Alegrete, Caxias do Sul, Passo Fundo, Pelotas, Porto Alegre, Santa Maria e Santo Ângelo. Para concorrer às chances de oficial de justiça é necessário ter nível médio completo. O salário chega a R$ 6.550,86. Já para o cargo de assistente social a exigência é de curso superior em serviço social, registro no conselho de classe e experiência de, no mínimo, um ano como assistente social. A remuneração pode chegar a R$ 9.527,64. A jornada de trabalho dos postos é de 40h semanais. O concurso valerá por dois anos, a partir da data de homologação, mas poderá ser prorrogado por igual período.

PESQUISA DE CONCURSOS