Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

No mesmo edital, candidato de nível médio recebe R$ 6,5 mil a mais do que superior

Prefeitura de Florianópolis abriu edital com 87 vagas para três órgãos

18/08/2014 17:14 | Atualização: 18/08/2014 17:18

Do CorreioWeb

A Prefeitura de Florianópolis abriu novo concurso público para a Secretaria do Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano (SMDU), para a Fundação do Meio Ambiente (Floram) e para o Instituto de Planejamento Urbano (IPUF). O que chama a atenção não é a quantidade de órgãos que lançaram seleções no mesmo edital, mas a diferença de salário entre os cargos de nível médio e superior, que pode chegar até R$ 6.535.

O motivo da diferença entre as remunerações é que os servidores da Secretaria e da Fundação do Meio Ambiente têm direito, além do vencimento inicial, a gratificações e ajuda de custo. Já os funcionários do instituto contam apenas com os salários iniciais - segundo o edital, ainda tramita na Câmara Municipal um projeto de lei que estende essas gratificações ao IPUF.

Para o posto de fiscal de serviços públicos, de nível médio, a remuneração inicial é de R$ 854, acrescida de R$ 3.089 referente à produtividade e R$ 3.707 de ajuda de custo, totalizando R$ 7.651. Já para os postos de administrador e bibliotecário, ambos de nível superior, o salário é de apenas R$ 1.115.

Outra discrepância que chama a atenção no certame é o vencimento dos postos de engenheiro civil e arquiteto. Os aprovados que atuarão na secretaria receberão um total de R$ 7.500, entre salário e gratificações. Já para atuar no instituto, os mesmos postos terão remuneração de R$ 3.425 – diferença de R$ 4 mil.

O concurso
São 87 vagas, sendo 74 para nível superior, 12 para nível médio e uma para técnico. Candidatos com deficiência contam com a reserva de 10% das oportunidades.

Quem tem nível superior entrará na disputa pelos postos de administrador, arquiteto, bibliotecário, engenheiro civil, engenheiro sanitarista ambiental, fiscal do meio ambiente, geógrafo e geólogo.

Em nível médio/técnico as chances são para fiscal de serviços públicos e técnico em agrimensura. A jornada de trabalho é de 30h semanais, para todos os postos.

Haverá prova objetiva para todos os postos, no dia 23 de novembro. Para os candidatos de nível superior haverá também análise de títulos.

A Fundação Getúlio Vargas (FGV), organizadora do certame, vai receber inscrições no período de 22 de agosto a 21 de setembro, pelo site www.fgvprojetos.fgv.br. As taxas custam R$ 70 para níveis médio e técnico e R$ 110 para nível superior.

O concurso é válido por dois anos, podendo ser prorrogado por mais dois.


PESQUISA DE CONCURSOS