Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

Petrobras e nove órgãos aplicam provas para mais de 322 mil pessoas no domingo

Veja abaixo a concorrência, os locais e horário de aplicação dos exames

06/03/2015 17:06

Sílvia Mendonça

Petrobras
Mesmo vivendo a maior crise da história da estatal, 122.750 candidatos se inscreveram na seleção pública aberta pela Petrobras. A concorrência média é de 2.611 pessoas por vaga imediata – o concurso ainda oferece mais 2.655 chances para formação de cadastro reserva. O cargo com o maior número de participações foi o de profissional júnior em administração, lotação nacional, com 14.667 inscrições. Para conferir o local de prova, clique aqui. As provas objetivas serão compostas por 50 questões.

Segundo Solange Musa, gerente executiva de Recursos Humanos da Petrobras, a grande procura por emprego na estatal se deve ao status que a petroleira sustenta, apesar do escândalo de corrupção. "A Petrobras Distribuidora é líder no mercado de distribuição, com 44 anos de atuação e fundamentos sólidos. Além disso, faz parte da maior empresa do Brasil, que oferece amplas oportunidades de crescimento profissional e pessoal em várias áreas. Certamente, esses elementos influem na condição de atratividade da empresa e, assim, no expressivo número de inscrições no processo seletivo da BR."

Os salários em disputa vão de R$ 3.095,97 a R$ 8.866,74. Os aprovados serão lotados em todo país. Quem tem nível médio de formação concorre aos cargos de técnico de administração e controle jr, técnico de manutenção jr (ênfase em elétrica e mecânica), técnico de operações jr e técnico de química jr.

Aos cargos de profissional júnior de nível superior participam graduados em administração, ciências contábeis, comunicação (relações públicas), direito, engenharia (meio ambiente, produção, segurança do trabalho, mecatrônica, controle e automação, elétrica e mecânica), psicologia, serviço social, economia, e marketing.

Candidatos ao cargo de técnico de operações jr ainda farão prova de capacidade física, composta por teste de barra fixa, flexão abdominal e corrida de 12 minutos.

Crise
Embora esta seja a segunda seleção pública que a Petrobras lançou neste ano, a estatal vive seu pior momento. Devido ao escândalo de corrupção, que está sob investigação pela Polícia Federal, o valor das ações da petroleira está caindo. No primeiro dia de gestão do novo presidente, Aldemir Bendine, que ocupa o posto deixado por Graça Foster, as ações da petroleira abriram em queda no pregão.

Secretaria de Fazenda/PE
A Secretaria da Fazenda de Pernambuco (Sefaz/PE) oferece quatro vagas. As chances são para o posto de julgador administrativo tributário do tesouro estadual, com salário de R$ 16.979,85. Os locais e horários das provas, que ocorrem neste sábado e no domingo, podem ser conferidos no site da Fundação Carlos Chagas (FCC), banca organizadora do certame. Ao todo, 1.355 pessoas se inscreveram na seleção – concorrência de, aproximadamente, 338 por vaga.

Participam candidatos com bacharel em direito e registro na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Haverá ainda prova discursiva em 21 de junho e, por fim, prova de títulos. Depois de homologado, o certame terá validade de dois anos, podendo ser prorrogado por igual período.

Secretaria de Educação/MG
A Secretaria de Educação de Minas Gerais (SEE/MG) recebeu mais de 127 mil inscrições no concurso que oferece 17.630 vagas. Para conferir os locais e horários de aplicação das provas, acesse o site da banca, o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC).

As jornadas de trabalho variam de 8h a 30h por semana. Já as remunerações vão de R$ 1.005,46 a R$ 1.455,30. Dez por cento das vagas são destinadas a candidatos com deficiência. Os candidatos ainda serão submetidos a avaliação de títulos.

O primeiro edital oferece 13.459 vagas para educação básica, nas funções de assistente técnico (90), especialista (1.107), além de professor de artes (784), de biologia (1.186), educação física (939), filosofia (261), física (909), geografia (864), historia (831), inglês (1.726), espanhol (36), língua portuguesa (1.478), matemática (1.439), química (635) e sociologia (385).

Já o segundo edital são 1.648 oportunidades para professor de ensino religioso. O terceiro edital abre 1.237 chances. Do total, 1.202 são para professor de música, 18 para professor de artes cênicas e 17 para professor de artes plásticas.

Por fim, o quarto edital oferece 1.286 vagas também para professor. As oportunidades são distribuídas nas seguintes especialidades: orientação educacional (11), supervisão pedagógica (21), anos iniciais do ensino fundamental (202), artes (10), educação física (16), ensino relogioso (8), física (1), geografia (2), língua portuguesa (3), matemática (3), intérprete de libras (384) e sala de recursos (625).

O certame tem validade de dois anos, contados a partir da homologação, podendo ser prorrogado por mais dois anos.

DPE/MT
A Defensoria Pública de Mato Grosso (DPE/MT) oferece 109 oportunidades para profissionais de níveis médio e superior. Ao todo, 21.543 pessoas se inscreveram na seleção – concorrência de, aproximadamente, 197 por vaga. As provas ocorrem no turno matutino para o nível médio e vespertino para superior. Clique aqui para conferir os locais e horários de aplicação. Do total de chances, 10% estão reservadas a pessoas com deficiência. Os salários iniciais variam entre R$ 1.566,96 e R$ 3.917,39, podendo chegar a R$ 9.553,63 ao final da carreira. A banca organizadora é a Fundação Getulio Vargas (FGV).

Quem concluiu o nível médio concorre às 80 vagas ao posto de assistente, distribuídas nas especialidades administrativo e de gabinete. Graduados, por sua vez, disputam as 29 chances ao cargo de analista, distribuídas nas especialidades de administrador, advogado, analista de sistemas, arquiteto, assistente social, contador, economista, engenheiro civil, jornalista e psicólogo. A seleção é válida por dois anos, podendo ser prorrogada por igual período.

TJGO
São 57 vagas para o cargo de juiz substituto. Ao todo, 5.678 candidatos disputam as vagas – concorrência de, aproximadamente, 99 por chance. Para conferir o local de aplicação da etapa, acesse o site da Fundação Carlos Chagas (FCC), banca organizadora do certame.

O salário da função é de R$ 21.657,46. Candidatos passarão por cinco etapas. Eles devem ser bacharéis em direito com, no mínimo, três anos de atividade jurídica. Além da prova objetiva, inscritos realizarão duas provas discursivas, sindicância de vida pregressa e investigação social, exame de sanidade física e mental, exame psicotécnico, prova oral e avaliação de títulos. A seleção é válida por dois anos, podendo ser prorrogada por igual período.

Tribunal de Contas/SP

O Tribunal de Contas São Paulo (TCSP) oferece 31 vagas de níveis médio e superior. De acordo com a banca organizadora, Fundação Vunesp, 11.640 candidatos disputam o certame – concorrência de, aproximadamente, 375 por oportunidade. Os locais e horários de aplicação das provas podem ser conferidos aqui. Do total de chances, três são destinadas a candidatos com deficiência.

Dez oportunidades são disputadas por candidatos de nível médio. O posto em questão é o de auxiliar de informática financeira. Aprovados receberão R$ 4.277,43 por mês. Graduados em cursos superiores na área de computação e informática e experiência de dois anos em atividades relacionadas tem a disposição 21 vagas de agente da fiscalização financeira. O salário é de R$ 10.924,72.

Após a homologação, o concurso terá validade de dois anos. Caso o órgão julgue necessário o certame pode ser prorrogado por mais dois anos.

TRE/RR
São oito vagas imediatas além de formação de cadastro reserva. Candidatos podem conferir os locais e horários da prova por meio do site da banca organizadora, a Fundação Carlos Chagas (FCC). Ao todo, 11.339 pessoas se inscreveram na seleção – concorrência de, aproximadamente, 1.417 candidatos por chance.

Quem concluiu o nível médio concorre ao cargo de técnico judiciário, nas áreas administrativa e operação de computadores. Graduados disputam a função de analista judiciário, nas áreas administrativa, análise de sistemas, biblioteconomia, engenharia civil, estatística, judiciária, medicina, odontologia e psicologia.

Os salários ofertados são de R$ 5.425,79 e R$ 8.863,84, para níveis médio e superior, respectivamente. As provas objetivas e discursivas (estas apenas para o nível superior) serão aplicadas na cidade de Boa Vista/RR.

Secretaria de Administração/MT
A Secretaria de Administração do Mato Grosso oferece duas vagas imediatas, além de formação de cadastro reserva. Os locais e horários das provas podem ser conferidos no site da banca organizadora, a FMP Concursos. As provas objetivas e discursivas ocorrem nos turnos matutino e vespertino, respectivamente.

As oportunidades são para o cargo de auditor. O salário ofertado é de R$ 13.511,68 por jornada de trabalho de 40h semanais. Para concorrer o candidato deve ser graduado em uma das seguintes áreas: administração, ciências contábeis, ciências da computação, direito, economia ou engenharia civil.

Candidatos ainda passarão por avaliação de títulos, que será de caráter apenas classificatório. A seleção é válida por dois anos, podendo ser prorrogada por igual período.

Conselho de Psicologia/MS

O concurso oferece duas vagas imediatas e cadastro reserva de 250 oportunidades. De acordo com o edital, publicado pelo Instituto Quadrix de Tecnologia e Responsabilidade Social, concorrem candidatos com níveis fundamental, médio e superior. Para conferir os locais e horários de realização da etapa, clique aqui (http://www.quadrix.org.br/concursopublico2015crp14.aspx).

Para nível fundamental tem o posto de serviços gerais; salário de R$ 788. Quem tem nível médio pode concorrer ao posto de auxiliar administrativo, nas áreas de secretaria e financeiro; a remuneração é de R$ 1.108,71. Graduados têm à disposição um salário de R$ 2.012,25 para agente de orientação e fiscalização e assessor técnico em psicologia.

Aprovados serão lotados na capital do estado, Campo Grande. Cinco por cento das chances é reservada a pessoas com deficiência.

Procuradoria-Geral do Paraná

A Procuradoria-Geral do Paraná (PGE/PR) divulgou a primeira retificação do concurso que oferece 27 vagas. As provas objetivas serão realizadas a partir das 13h. Clique aqui para conferir o local de aplicação.

As oportunidades são para o cargo de procurador classe V, com salário de R$ 19.950. Do total de chances, 10% são para afrodescendentes e 5% para deficientes. O concurso conta ainda com provas subjetivas e prova de títulos.

PESQUISA DE CONCURSOS