Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

Serpro convoca 164 candidatos aprovados em concurso de 2013

Candidatos devem ficar atentos às convocações e aos contatos que serão feitos pela empresa nos próximos dias

18/06/2015 16:22 | Atualização: 23/06/2015 10:48

Sílvia Mendonça

Serpro/Divulgação
O Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), ligado ao Ministério da Fazenda (MF), autorizou a nomeação de mais 164 candidatos aprovados no concurso que ofereceu 360 vagas, aberto em 2013. De acordo com a empresa, atualmente, 197 vagas decorrentes da seleção já foram ocupadas. Os candidatos devem ficar atentos às convocações, tendo em vista que a validade do concurso acaba em menos de um mês, em 2 de julho.

Além das 360 vagas, o concurso também formou cadastro reserva. O Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB) foi a banca organizadora. Ao todo, foram 70.980 candidatos inscritos no certame – concorrência média de 197 pessoas por vaga. De acordo com o edital de abertura da seleção, na época, os salários variavam de R$ 2.339,11 a R$ 5.203,90, para jornada de trabalho de 40 horas semanais – exceto para o cargo de médico, que deve cumprir 20 horas apenas.

Quem tem diploma de nível médio entrou na disputa pela função de técnico, nas especialidades de enfermagem do trabalho, operação de redes, programação e controle de serviços de tecnologia da informação, segurança do trabalho e suporte administrativo.

Graduados, por sua vez, tentaram o posto de analista nas especialidades de administração de serviços de tecnologia da informação, advocacia, arquivologia, biblioteconomia, comunicação social, desenho institucional, desenvolvimento de sistemas, engenharia de segurança do trabalho, engenharia elétrica, engenharia mecânica, gestão de pessoas, gestão empresarial, gestão financeira, gestão logística, medicina do trabalho, negócios em tecnologia da informação, perícia em cálculo judicial, programação visual, psicologia organizacional e do trabalho, redes, serviço social e suporte técnico.

De acordo com o edital de abertura da seleção, cinco por cento das chances foram reservadas a candidatos com deficiência. Aprovados serão regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho. As vagas foram para o Distrito Federal, Ceará, Pernambuco, Rio de Janeiro, São Paulo, Pará, Bahia, Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina, Roraima, Paraíba, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Piauí, Maranhão, Rondônia, Alagoas, Amazonas, Acre e Espírito Santo.

PESQUISA DE CONCURSOS