Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

Concurso da Dataprev é uma boa oportunidade em tempos de crise; veja dicas

Impeachment, Lava Jato, questão fiscal e reforma do ensino médio podem ser assuntos cobrados na prova

18/10/2016 10:00 | Atualização: 18/10/2016 10:30

Do CorreioWeb

Arquivo pessoal
Uma das seleções mais aguardadas pelos concurseiros foi aberta recentemente. A Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência (Dataprev) lançou edital que visa formar cadastro de reserva de 1.703 profissionais, com oportunidades de nível médio e superior. Em tempos de crise econômica no país, a seleção é uma boa oportunidade para quem busca maior segurança. As remunerações básicas vão de R$ 2.510,03 a R$ 5.915,09, além de R$ 852,24 de auxílio alimentação e adicional de atividade, que pode chegar a R$792,27.



Saiba mais: Com salários de até R$ 7,5 mil, Dataprev abre concurso para Brasília e seis estados

A previsão é de que muitas pessoas participem do processo seletivo. “Quando esses momentos de instabilidade ficam expressivos, há um movimento muito maior de pessoas que começam a estudar para concurso público”, conta Wellington Antunes, professor de Direito Constitucional do Gran Cursos Online. Apesar de a seleção da Dataprev ser para formação de cadastro reserva, o profissional destaca que são muitas vagas sendo ofertadas e que é esperado que uma grande quantidade de aprovados sejam nomeados. O prazo de validade do concurso é de dois anos e pode ser prorrogado por igual período.

Wellington aconselha que os candidatos foquem os estudos principalmente nos conteúdos específicos e em língua portuguesa, destacando que erros gramaticais ocasionam perda de nota. Sobre as atualidades, o professor recomenda um maior entendimento sobre o impeachment, a questão fiscal, a corrupção - com ênfase na Operação Lava Jato – e a reforma no ensino médio. No cenário internacional, ele acredita que a situação imigratória, a retomada da relação entre Estados Unidos e Cuba, os ataques terroristas e as eleições estadunidenses são temas que podem ser cobrados nas provas.

O professor afirma que ter um bom material, fazer muitos exercícios e ter um bom planejamento é imprescindível para quem quer ser aprovado. “O ideal é o candidato possuir um planejamento de estudo, para que ele possa saber diariamente qual matéria vai estudar. É preciso estudar todos os dias, ainda que pouco, e fazer muitas questões, principalmente aquelas aplicadas pela própria banca examinadora”, conclui.

PESQUISA DE CONCURSOS