Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

Concurso da Assembleia Legislativa de Tocantins é anulado

Deputados suspeitaram da reputação da banca examinadora

24/11/2016 15:22 | Atualização: 24/11/2016 15:22

Do CorreioWeb

Reprodução/Assembleia Legislativa do Tocantins
 

O concurso da Assembleia Legislativa do Tocantins foi anulado. O decreto que anula os atos da mesa diretora da seleção, de autoria do deputado José Bonifácio (PR) e outros parlamentares, foi aprovado nesta quarta-feira (23). Apesar de terem sido defendidas a manutenção do certame, a suficiência financeira e a legalidade da dispensa de licitação, os parlamentares votaram na aprovação.


Deputados presentes questionaram a reputação da banca examinadora escolhida, das condições financeiras do órgão e a ausência de previsão orçamentária nas leis relacionadas ao orçamento vigente.

 

A seleção anulada ofertaria 91 vagas imediatas, para candidatos com todos os níveis de escolaridade. Os cargos que seriam disputados eram de assistente legislativo especializado, auxiliar legislativo, procurador jurídico, assistente legislativo e consultor legislativo. As remunerações seriam a partir de R$ 3 mil.

 

Última seleção

O último concurso da instituição foi realizado em 2005, para candidatos com todos os níveis de escolaridade. Os cargos disponíveis foram de consultor legislativo (superior), assistente legislativo e assistente legislativo especializado (médio), auxiliar legislativo e auxiliar legislativo especializado (fundamental).

 

As remunerações ofertadas iam de R$ 360 a R$ 1.660. Na época, o salário mínimo vigente tinha o valor de R$ 300. As oportunidades eram divididas por perfis como os de manutenção e conservação, fotografia, locução, programação de computadores, jornalismo, assistência social e contabilidade.

 

Com informações da Assembleia Legislativa do Tocantins


PESQUISA DE CONCURSOS