Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

Concurso da Polícia Civil - AL já segue os critérios da Lei 7.858

São 300 vagas para diferentes cargos

06/01/2017 10:00 | Atualização: 06/01/2017 11:24

Mesmo a Polícia Civil do Estado de Alagoas (PC/AL) tendo publicado em diário oficial um processo administrativo solicitando ao gabinete a autorização para um novo concurso público para o órgão no último dia 02 de dezembro, ou seja, antes da sanção da lei 7.858 do governador Renan Filho- 31 de dezembro de 2016- sobre as novas normas para realização de concursos públicos, essa nova lei já deve incluir esse processo seletivo.


A lei 7.858, sancionada pelo governador no final de 2016, traz algumas mudanças importantes para o funcionamento dos novos concursos públicos. A realização de concursos para cargos cuja necessidade de pessoal seja menor de 5% está vetado, assim como concursos apenas para formar cadastro reserva; reserva de 20% das vagas para candidatos portadores de deficiências; isenção da taxa de inscrição para quem estiver desempregado há mais de um ano, comprovar ter doado sangue nos últimos seis meses, ou estar inscrito em algum programa de assistência social de qualquer âmbito; e por último, o prazo de inscrições dos concursos deverá ser de 30 dias, no mínimo, após a data de publicação do edital de abertura. São 300 vagas, sendo 200 para o cargo de agente da polícia civil, 80 para escrivães da polícia e 20 para delegados.

 

As exigências para concorrer aos cargos, são: para agente é ter nível superior completo e carteira de habilitação; para escrivão é ter nível superior completo e para delegado é nível superior em direito completo. As remunerações iniciais variam de R$3.062 até R$8 mil, para escrivão e delegado respectivamente.

 

O último concurso da Polícia Civil para esses cargos foi realizado em 2012, e o número de inscritos foi de 18.879 para 400 vagas. A banca organizadora foi o Cespe/UnB.


PESQUISA DE CONCURSOS