Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

319 vagas para trabalhar no estado de São Paulo

As oportunidades são para a Superintendência de Controle de Endemias. Inscrições vão de 17 a 31 de janeiro

11/01/2017 10:00

Beatriz Fidelis - Especial para o Correio

A Superintendência de Controle de Endemias (Sucen) em São Paulo está com 319 oportunidades para nível médio e superior. São seis processos seletivos com editais abertos. As inscrições para todos os cargos podem ser feitas entre os dias 17 e 31 de janeiro pelo site do Sucen. As taxas de inscrição variam de R$ 51,81 a R$ 77,71.

 

Prefeitura de Mogi das Cruzes
As oportunidades são para biologista, agrônomo, analista administrativo, oficial administrativo, motorista e desinsetizador. As chances são para trabalhar em todo o estado de São Paulo. Para todos os cargos é necessário ter mais de 18 anos, ser português ou brasileiro nato ou naturalizado e estar em dia com as obrigações eleitorais e militares.

 

Para o cargo de biologista é necessário ser graduado em Biologia e ter registro no Conselho Regional de Biologia. A remuneração é de R$ 1.318,00 para uma carga horária de 30 horas semanais. A seleção para este cargo é composta por prova de títulos e prova objetiva, segundo determina o edital. O conteúdo da prova objetiva cobra os temas: Epidemiologia; Biologia e ecologia de vetores das doenças de Dengue, Febre amarela, Chikungunya, Zika, Malária, Leishmanioses, Chagas e Esquistossomose; Principais técnicas utilizadas na identificação biológica e na coleta de artrópodes vetores e Manejo Integrado. Além da Lei de Acesso a Informação nº 12.527/2011 e do Decreto nº 58.052, de 16/05/2012.

 

Para o cargo de engenheiro agrônomo é necessário ser graduado em Agronomia ou Engenharia Agronômica, além de possuir registro do Conselho Regional da classe. A remuneração é de R$ 4.193,93 para uma carga horária de 40 horas semanais. O processo seletivo é composto por uma etapa de prova de títulos e uma prova objetiva. Na prova objetiva são cobrados temas referentes à área de saneamento básico, controle de endemias, praguicidas de uso em saúde pública, segurança ocupacional, além da Lei de Acesso a Informação nº 12.527/2011 e do Decreto nº 58.052, de 16/05/2012.

 

Para o cargo de analista administrativo é possível ter graduação em qualquer curso superior. A remuneração é de R$ 1.946,34 para 40 horas semanais. Além da prova de títulos é necessário também fazer uma prova objetiva que abrange os seguintes conteúdos: Sistema de Administração de Pessoal do Estado de São Paulo; Sistema de Administração de Financeira e Orçamento do Estado de São Paulo; Sistema de Administração de Materiais do Estado de São Paulo; Estatística aplicada à Administração; além da Lei de Acesso a Informação nº 12.527/2011 e do Decreto nº 58.052, de 16/05/2012.

 

Para o cargo de oficial administrativo não é necessário curso de graduação. A remuneração para 40 horas semanais é de R$ 1.026,00. A seleção é composta por duas fases: prova objetiva e prova prática de digitação. Na prova objetiva são cobrados itens de língua portuguesa, raciocínio lógico quantitativo e noções básicas sobre informática, além da Lei de Acesso a Informação nº 12.527/2011 e do Decreto nº 58.052, de 16/05/2012.

 

Para o cargo de motorista não é necessário curso de graduação, mas é obrigatório ter carteira nacional de habilitação na categoria D ou superior. A remuneração para 40 horas semanais é de R$ 1.026,00. A seleção é composta por duas fases: prova objetiva e prova prática de direção. Na prova objetiva são cobrados itens de língua portuguesa, matemática, e conhecimentos específicos.

 

Para o cargo de desinsetizador não é necessário curso de graduação, é necessário apenas o ensino médio completo. A remuneração para 30 horas semanais é de R$ 1.026,00. A seleção é composta por duas fases: prova objetiva e prova prática. Na prova objetiva são cobrados itens de língua portuguesa, matemática, e conhecimentos específicos. Na prova prática são avaliados condicionamento e integridade física, a inexistência de alergia a inseticidas e aptidão física para operar máquinas e usar equipamentos de proteção na aplicação de inseticidas.

 

 


PESQUISA DE CONCURSOS