Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

Novos concursos para Polícia Civil e Politec do Amapá somam 225 vagas

São 205 para Polícia Civil e 20 para a Polícia Técnico-Científica e mais 756 vagas para formação de cadastro reserva

14/07/2017 15:30 | Atualização: 14/07/2017 17:16

Do CorreioWeb

USP/DIVULGAÇÃO
Como prometido pelo governo do Amapá, saiu nesta sexta-feira (14/7), os dois editais que estavam faltando para concursos da área de segurança do estado. As chances são para a Polícia Civil e para a Polícia Técnico Científica da região.  Juntos, totalizam 225 vagas para contratação imediata nos certames, além de 756 para a formação do cadastro reserva.


No caso da Polícia Civil, são 205 vagas divididas em 25 para delegado (76 CR), 120 de agente (380 CR) e 60 de oficial de polícia (240 de CR). Já para a Politec são 18 vagas imediatas para perito médico legista (52 CR) e duas para médico legista com especialização em psiquiatria (oito vagas de CR). Veja os editais da Politec Polícia Civil.

Polícia Civil


Para a carreira civil, as remunerações são de R$ 4.139,53 + R$ 700 de auxílio indenização (para agentes e oficiais), e R$ 13.280,01 para o cargo de delegado. 

As inscrições serão feitas exclusivamente pelo site da banca organizadora do certame, a Fundação Carlos Chagas, a partir das 10h do dia 17 de julho até as 14h de 08 de agosto. A taxa de inscrição é de R$ 180 para delegado, e R$ 120 para os cargos de agente e oficial.

Dentre os pré-requisitos, para o cargo de delegado, o candidato deve possuir bacharelado em direito. Para os cargos de agente e oficial, o candidato deve possuir nível superior em qualquer área de atuação. Para todos os cargos, é obrigatório possuir Carteira Nacional de Habilitação (CNH), em categoria B.

A primeira fase será a aplicação da prova objetiva, a ocorrer no dia 10 de setembro. Para o cargo de delegado, no turno da manhã. As provas para os demais cargos ocorrerão pelo turno da tarde. Para a carreira de delegado e oficial, o certame contemplará sete fases. Para agente, serão seis fases.

Polícia Técnico-Científica


São 18 vagas imediatas e 52 reservas para o cargo de perito médico legista; e 2 vagas imediatas e até 8 em cadastro reserva para perito médico legista com especialização em psiquiatria. As vagas serão divididas em 3 áreas de lotação no Estado. Para ambos os cargos, a remuneração é de R$ 10.067, 96, com prova teórica a ser realizada no dia 3 de setembro.

Como principais pré-requisitos, o candidato deve possuir diploma de conclusão de curso superior em medicina e registro no Conselho Regional de Medicina (CRM). Aos que desejam concorrer à vaga na área de psiquiatria, deve ainda comprovar a especialização.

As inscrições deste certame ocorrerão também por meio do site da Fundação Carlos Chagas, de 10h do dia 17/07/17 até as 14h de 07/08/17, com pagamento de taxa no valor de R$ 220.

O certame ocorrerá em quatro fases, sendo a primeira a aplicação da prova objetiva e redação, que acontecerá no próximo dia 03 de setembro. A segunda fase será a prova de títulos, seguida de exame documental e de saúde, e por último, programa de formação.

Ambos os editais serão publicados no Diário Oficial do Estado e poderão ser acessados no portal do Governo do Amapá e ainda no site da Secretaria de Estado da Administração.

Déficit de pessoal

No início do ano a Secretaria de Justiça e Segurança Pública do Amapá (Sejusp/AP) havia informado que o estado estava com um déficit de pessoal e era necessário a contratação de pelo menos 590 servidores para a PM, PC e Politec. Seria necessária a contratação de 300 novos soldados para a PM, 30 delegados, 120 agentes e 120 oficiais para a PC e 20 médicos legistas para a Politec. 

Edital da PM já foi lançado 

No começo da semana foi lançado o edital do concurso com 300 vagas imediatas e 900 para formação de cadastro ao cargo de soldado do quadro de praças combatentes. Para se candidatar ao posto de soldado de 2ª classe é necessário ter diploma de conclusão de curso superior em qualquer área, ter idade mínima de 18 e máxima de 30 no ato da matrícula no curso de formação, ter altura mínima de 1,65m se homem e 1,60m se mulher e não apresentar tatuagem visível, que por seu significado, seja incompatível com o exercício da atividade militar. 

Se cumprir todos esses requisitos e ainda ser aprovado no concurso, o candidato receberá, durante o curso de formação, R$ 1.748,68, mais R$ 900 de vale-alimentação. Após a conclusão do curso, o aluno vira soldado e passa a receber o total de R$ 3.759,31.

O concurso contará com seis fases: exame de conhecimentos (prova objetiva e redação), exame documental, exame de capacidade física, teste de avaliação psicológica, exame de saúde e investigação social. A prova objetiva, que deverá ser aplicada em 20 de agosto, cobrará conhecimentos em língua portuguesa, noções de direito constitucional, administrativo, penal e direitos humanos, lógica, atualidades, e história e geografia do Amapá. 

O candidato poderá se inscrever, exclusivamente via internet, até as 14h do dia 31 de julho, pelo site da FCC, que também é a organizadora deste certame www.concursosfcc.com.br. A taxa é de R$ 100. 



PESQUISA DE CONCURSOS