Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

Imbel abre seleção para contratação de 15 profissionais de nível médio

As oportunidades são de nível médio; salário base é de R$ 1.256

18/08/2017 11:42 | Atualização: 18/08/2017 11:49

Do CorreioWeb

Centro de Comunicação Social do Exército/Divulgação
A Indústria de Material Bélico do Brasil (Imbel), empresa vinculada ao Ministério da Defesa por intermédio do Comando do Exército está realizando seleção para contratação de profissionais para trabalharem na filial Fábrica da Estrela, em Mage/RJ. A seleção será organizada pela própria empresa.

As chances são para o cargo de oficial de produção industrial, nas áreas de operador de produção (14) e de caldeira (1). O salário é de R$ 1.256,50, com adicional de periculosidade de R$ 376,95, cesta básica de R$ 458 e vale refeição de R$ 20 por dia. A carha horária é de 44 horas semanais. A validade do certame é de um ano, podendo ser prorrogado por igual período por uma única vez.

Para se candidatar é necessário idade igual ou superior a 18 anos, nível médio completo e experiência mínima de seis meses na área de produção industrial, sendo aceitos inclusive estagiários que tenham passado pela área industrial.

Participe


O candidato que deseja concorrer a alguma das vagas deverá mandar o currículo ao e-mail curriculos.fe@imbel.gov.br até 20 de agosto. A inscrição é gratuita e será feita por meio de análise de currículos enviados e, em seguida, por meio de entrevista a ser realizada pela comissão. 

Última seleção


Em 2016 foram mais de 20 mil inscritos para o concurso que visava formar cadastro reserva para cargos de nível fundamental, médio e superior. Os salários variavam de R$ 1.202,70 a R$ 4,480,89, e os aprovados foram lotados Distrito Federal, sede da Imbel, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo.

As oportunidades de nível fundamental foram para ajudante geral, auxiliar de laboratório e brigadista. Candidatos de nível médio puderam concorrer para diversos cargos, entre eles guarda, motorista, fundidor, galvanizador, inspetor de qualidade, operador (de caldeira, produção e utilidades industriais), preparador de máquinas, eletricista, encanador, instrumentista, mecânico, pintor, soldador, projetista, técnico (eletricidade, eletrônica, mecatrônica, metalurgia, metrologia, química, radiologia, enfermagem, administrativo, entre outros) e assistente administrativo.

Já os graduados disputaram as vagas de  analista (contábil, recursos humanos e de sistemas), contador administrador, supervisor de TI, advogado, engenheiro (controle de qualidade, meio ambiente, produção, segurança do trabalho, telecomunicações, elétrico, eletrônico, mecânico, mecatrônico, químico e metalúrgico) e médico do trabalho.


PESQUISA DE CONCURSOS