Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

Defensoria de Pernambuco aumenta salário e retifica vagas e conteúdo programático

As inscrições seguem abertas até 23 de outubro

10/10/2017 11:24

Do CorreioWeb

O edital do concurso da Defensoria Pública de Pernambuco (DPE/PE) foi retificado. A seleção teve mudanças no número de vagas oferecidas, na remuneração e no conteúdo programático.

De acordo com o órgão, a reserva de vagas para deficientes foi disposta de maneira errada, e agora, três das 50 vagas são destinadas à esses candidatos. A remuneração teve mudança para que não houvesse diferença salarial entre pessoas que já ocupam o mesmo cargo, e passou de  R$ 17.400 para R$ 21.649, além de auxílio-alimentação e eventual gratificação por acumulação.


No antigo documento, na lista de conteúdo, constavam conhecimentos sobre regime jurídico único dos servidores públicos civis de Alagoas, quando na verdade é necessário ter os conhecimentos de Pernambuco.

Participe

A seleção é para candidatos graduados em direito que tenham inscrição na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e três anos de atividade jurídica. Os candidatos serão testados por meio de prova objetiva, em 28 de janeiro, prova escrita, em 18 de março, inscrição definitiva, prova oral e avaliação de títulos. Todas as etapas e a perícia médica dos que se declaram deficientes serão realizadas na cidade de Recife/PE.

Os interessados podem se inscrever no período de 29 de setembro a 23 de outubro pelo site do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de eventos (Cebraspe), responsável pela organização do certame. A taxa é de R$ 270 e pode ser paga até 14 de novembro.


Último concurso

Em 2014, a DPE/PE realizou concurso com 20 vagas para o cargo de defensor público, também organizado pelo Cebraspe. Foram 4.062 inscritos que concorreram a uma remuneração mensal de R$ 10.182,29. A seleção contou com prova objetiva, dissertativa, peça prática, prova oral e avaliação de títulos.

PESQUISA DE CONCURSOS