Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

MPU assina contrato com Cebraspe e edital de novo concurso está cada vez mais próximo

Edital agora pode ser publicado a qualquer momento, segundo especialista

20/08/2018 09:31 | Atualização: 20/08/2018 09:39

Lorena Pacheco

Breno Fortes/CB/D.A Press
Procuradoria Geral da República, órgão pode ser a lotação de aprovados no próximo concurso do MPU
Após anunciar, na semana passada, que escolheu como banca organizadora o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), por meio de extrato de dispensa de licitação, o Ministério Público Federal (MPF) divulgou o contrato firmado entre ambas as partes no Diário Oficial da União desta segunda-feira (20/8). Agora, o concurso público que vai selecionar novos servidores para o Ministério Público da União (MPU) está cada vez mais próximo e, segundo especialistas, o edital pode sair a qualquer momento!


O contrato tem valor de R$ 9.407.411,72 e foi assinado no último 16 de agosto, com validade até 15 de agosto de 2020.

 

DODF/Reprodução
Extrato de contrato entre MPF e Cebraspe para abertura do concurso do MPU, divulgado no DOU desta segunda-feira (20/8)
Técnicos e analistas do MPU

O concurso vai oferecer vagas para provimento imediato e para formação de cadastro de reserva em cargos de analista do MPU/direito e técnico do MPU/administração. Os cargos têm remuneração inicial de R$ 6.708,53 (técnico) e de R$ 11.006,83 (analista). A partir de janeiro do ano que vem, esses números iniciais sobem para R$ 7.591,37 e R$ 12.455,30, respectivamente.

 

Além da remuneração, outras vantagens do concurso são: a possibilidade de regime de teletrabalho, carga horária diferenciada de 35 horas semanais ou sete horas diárias, e grande histórico de nomeações devido a possibilidade de convocação pelos vários órgãos que compõem o MPU (Ministério Público Federal, Ministério Público do Trabalho, Ministério Público Militar e o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios).


O órgão adiantou ao Correio, em abril, que serão abertas vagas que não têm impacto no orçamento, ou seja, as decorrentes de exoneração, tendo em vista as restrições orçamentárias impostas pela Emenda Constitucional 95. Porém, somente a Secretaria-Geral do Ministério Público Federal (MPF) tem atualmente 1.056 cargos vagos para analista/apoio jurídico/direito e 309 vagas para técnico administrativo/administração. Mesmo assim, o MPF informou que esses dados não correspondem ao número de vagas sem impacto orçamentário.


PESQUISA DE CONCURSOS