Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

FAB cancela seleção para temporários de nível superior

Comunicado foi divulgado no site da instituição

26/11/2018 11:33 | Atualização: 27/11/2018 09:58

Mariana Fernandes

FAB/Divulgação
Força Aérea Brasileira (FAB) cancelou o processo seletivo de profissionais de nível superior voluntários à prestação de serviço militar temporário, para 2019. O aviso foi publicado no site da instituição diante da revogação da portaria 6.391-T/SAPSM, que aprovou a seleção, que seria para o preenchimento de 417 vagas.  De acordo com a FAB, a medida se deu para "aperfeiçoar" a seleção e um novo comunicado será publicado em breve.

De acordo com o anúncio, os candidatos que efetuaram a inscrição poderão resgatar a documentação no local de entrega, até o dia 21 de dezembro, de segunda a quinta-feira, das 13h às 16h, e nas sextas-ferias, das 8h às 12h. Após esta data, todo o material não resgatado será eliminado.

 

As chances eram divididas para Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, Recife, Manaus, Belém e Canoas, para os postos de anestesiologista, anatomia patológica, cancerologia, cardiologia, cirurgia geral, dermatologia, endocrinologia, gastroenterologia, ginecologia e obstetrícia, hmoterapia, hematologia, infectologia, medicina intensiva, medicina nuclear, neurocirurgia, nefrologia, neurologia, oftalmologia, otorrinolaringologia, ortopedia, pediatria, proctologia, psiquiatria, radiologia, urologia, cirurgia e traumatologia buço-maxilo-faciais, clínica a geral odontológica, dentística, endodontia, implantodontia, odontogeriatria, odontologia para pacientes com necessidades especiais, odontopediatria, ortodontia, prótese dentária, periodontia, radiologia odontológica e imaginologia, farmácia química, farmácia bioquímica, farmácia hospitalar, medicina veterinária, enfermagem, fisioterapia, fonoaudiologia, nutrição, psicologia clínica, serviço social e terapia ocupacional. 


O candidato, ao ser incorporado para a realização do Estágio de Adaptação Técnico (EAT), faria jus à remuneração mensal e aos demais direitos remuneratórios correspondentes ao posto de aspirante a oficial. A remuneração dos militares é composta pelo soldo (parcela relativa ao posto e graduação) e por adicionais e gratificações, que variam de acordo com a habilitação obtida ao longo da carreira, o exercício de atividades especiais e outras situações. De acordo com a tabela de novos soldos da FAB, um aspirante a oficial receberá em 2019 remuneração média de R$ 6.993, com possibilidade de ganhar até R$ 8.245, que é a remuneração do posto de 1º tenente.
 

Chances abertas na Marinha

A Marinha do Brasil está com 504 vagas para a prestação do Serviço Militar Voluntário (SMV), para ambos os sexos, como praças da Reserva de 2ª Classe da Marinha (RM2). Podem concorrer candidatos com nível fundamental e médio para as áreas industrial, saúde e apoio. Saiba mais aqui.

As inscrições estarão abertas de 27 de novembro a 11 de dezembro, nos respectivos sites de cada distrito naval. O valor da taxa de inscrição é de R$ 75 e o candidato terá até 21 de dezembro, para efetuar o pagamento. 

O processo seletivo será constituído por prova objetiva de língua portuguesa e conhecimentos militar-naval, prova de títulos, verificação de dados biográficos, verificação documental, inspeção de saúde e teste de aptidão física. As provas estão marcadas para 17 de março, com duração de até três horas. 

As remunerações variam de acordo com os cargos, mas em média, para os cargos de nível fundamental os aprovados recebem R$ 1.758 e para aprovados de nível médio, o valor chega a R$ 2.449. 

Os militares temporários são os integrantes da reserva de 2ª classe da Marinha incorporados para prestar Serviço Militar (SM), em caráter transitório e regional. A natureza do vínculo com a força é, portanto, precária e transitória, com duração máxima de até oito anos, não gerando qualquer expectativa quanto à permanência e à estabilidade. Podem concorrer candidatos com mais de 18 anos. 

PESQUISA DE CONCURSOS