Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

Sefaz ES anuncia comissão organizadora interna

A comissão escolhida estuda a possibilidade da abertura de novo concurso

04/01/2019 10:00 | Atualização: 04/01/2019 15:42

Do CorreioWeb

USP Imagens/Marcos Santos
A Secretaria de Estado da Fazenda do estado do Espírito Santo (Sefaz – ES) lança comissão organizadora para planejar o lançamento de novo concurso público. Estão na comissão o presidente Luiz Cláudio Nogueira de Souza, Leandro Gonçalves Kuster e Marcos Freitas Gueiros. 

Os servidores estarão encarregados por mapear a necessidade quantitativa e qualitativa de pessoal, com vistas a subsidiar planejamento do concurso público para o cargo de auditor fiscal da Receita Federal. De acordo com a publicação a comissão deverá concluir e apresentar os trabalhos em 180 dias. 

Outras oportunidades no ES

A Polícia Civil do Espírito Santo (PCES) está com as inscrições abertas do concurso de nível médio e superior. O processo seletivo será organizado pelo Instituto AOCP. Serão ofertadas 173 vagas e os aprovados receberão salários variando entre R$ 3.622,08 e R$ 5.103,84. 

As inscrições devem ser realizadas até 11 de fevereiro, pelo site da banca organizadora. As taxas variam de R$ 96,50 a R$ 146,73. Os candidatos podem se inscrever para mais de um cargo, desde que a prova objetiva seja realizada em períodos distintos. 

As oportunidades são para auxiliar perícia médico-legal, assistente social, escrivão de polícia, investigador, médico legista, psicólogo, perito oficial criminal nas especialidades de: ciências contábeis, engenharia elétrica, engenharia eletrônica, engenharia de telecomunicações, engenharia de controle e automação, ciências da computação, análise de sistemas, engenharia de computação ou engenharia mecatrônica, engenharia agronômica, engenharia florestal ou engenharia ambiental, engenharia civil, engenharia química, engenharia mecânica, engenharia de materiais, engenharia metalúrgica, geologia, engenharia de minas ou física, química, farmácia, ciências biológicas ou biomedicina, odontologia, medicina veterinária, e ciências econômicas, direito ou psicologia. 

A seleção será realizada por provas objetivas, perícia médica para candidatos com deficiência, teste de aptidão física, inspeção de saúde, avaliação psicológica, investigação criminal e social e curso de formação profissional. A previsão é que a primeira etapa ocorra em 24 de março. 

O concurso tem prazo de validade de dois anos, a contar da data de homologação do certame, podendo ser prorrogado por igual período a critério da PCES.


PESQUISA DE CONCURSOS