Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

CLDF divulga resultado de prova discursiva e avaliação de títulos

O resultado, publicado no DODF desta sexta-feira (15/2), é para os cargos de consultor legislativo e consultor técnico legislativo (exceto o resultado da avaliação dos títulos para taquígrafo)

15/02/2019 10:28

Mariana Fernandes

Breno Fortes/CB/D.A Press
A Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) divulgou nesta sexta-feira (15/2) o resultado das provas discursivas e avaliação de títulos do concurso público para os cargos de consultor e  consultor técnico legislativo. O certame ofereceu ao todo 86 vagas para nível médio e superior, com salários de R$ 10.650,18 a R$ 15.879,40. Os candidatos podem consultar o resultado por meio do site  da Fundação Carlos Chagas, banca organizadora do concurso. 

O documento informa ainda que a vista da etapa II da prova discursiva está disponível durante o período recursal, exclusivamente por meio do site da FCC.

Já o recursos referentes aos resultados das provas e da avaliação de títulos deverão ser interpostos no prazo de 10 dias, também no site da banca.

Os resultados foram para os cargos de consultor legislativo (todas as áreas), consultor técnico legislativo (todas as categorias, exceto o resultado da avaliação dos títulos para o cargo de consulto técnico-legislativo - taquígrafo especialista).

O concurso

Ao todo, 99.796 pessoas se inscreveram no concurso que oferece chances para nível médio e superior, com salários de R$ 10.650,18 a R$ 15.879,40. 

O órgão busca profissionais para os cargos de consultor legislativo, consultor técnico-legislativo, inspetor de polícia legislativa, procurador legislativo (advogado), técnico legislativo e agente de polícia legislativa. 

Além das provas objetivas e discursivas, há também avaliação de títulos, avaliação de conduta, avaliação psicológica, avaliação médica e curso de formação. 

Segundo os editais de abertura do concurso da CLDF, as nomeações dos aprovados estão previstas para 2019 e devem ser feitas a partir de abril, junho, agosto e novembro, a depender do cargo escolhido para disputa. 

PESQUISA DE CONCURSOS