Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

Corpo de Bombeiros Militar do DF convoca para matrícula no curso de formação

Os candidatos convocados deverão comparecer em 17 de dezembro de 2019, na Seção de Identificação (SEIDE/CBMDF), localizada no 12º Grupamento de Bombeiros Militar de Samambaia

16/12/2019 10:45 | Atualização: 16/12/2019 11:57

Mariana Fernandes

GDF/Divulgação
O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBM-DF) publicou, no Diário Oficial desta segunda-feira (16/12), a chamada para a matrícula no curso de formação de Oficiais Bombeiros Militares (CFOBM) do Quadro de Oficiais Bombeiros Militares Combatentes.

Os candidatos convocados deverão comparecer às 9h de 17 de dezembro de 2019, na Seção de Identificação (SEIDE/CBMDF), localizada no 12º Grupamento de Bombeiros Militar de Samambaia QI 416, s/nº, Área Especial - Samambaia/DF, para admissão e matrícula no Curso de Formação, mediante comprovação de todos os requisitos exigidos no edital. Atenção, não será aceito a entrega de documentação por meio de procuração.

O curso será desenvolvido em regime integral e sob sistema de internato com dedicação exclusiva e duração de 1815 horas aula no primeiro ano e 1798 horas aula no segundo ano, com conteúdo (podendo algumas disciplinas serem desenvolvidas por meio da modalidade de Ensino à Distância - EAD) e carga horária definidos pela Diretoria de Ensino da Corporação, devendo, o Cadete sujeitar-se ao regime escolar e às demais exigências previstas no currículo.

Durante a realização do Curso de Formação, o aluno (Cadete) perceberá remuneração mensal, de acordo com a Lei de Remuneração do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal.

Após o curso, obtendo aproveitamento, o Cadete será declarado Aspirante a Oficial BM, mediante ato do Comandante-Geral.

Validade prorrogada


No último dia 13, o corpo de Bombeiros Militar do DF prorrogou o prazo de validade do concurso público. A prorrogação foi pelo prazo de dois anos, que serão contatos a partir de 19 de dezembro de 2019.

O concurso foi realizado em 2016 e foram ofertadas 779 vagas, sendo 448 serão para soldados, 115 para oficiais combatentes, 112 para soldados condutores e operadores de viaturas, 55 soldados de manutenção de equipamentos e veículos, 20 oficiais complementares, 24 oficiais médicos, cinco soldados para manutenção de equipamentos e aeronaves e quatro oficiais cirurgiões-dentistas.

As remunerações variaram de R$ 5.108,08 a R$ 11.654,95 e o certame foi organizado Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistência Social (Idecan). 
 

PESQUISA DE CONCURSOS