Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

Após instabilidade em inscrições, SEEDF autoriza convocação de educadores do cadastro de reserva de 2019

A decisão, de caráter temporário, foi tomada pelo Secretário, João Pedro Ferraz, devido a instabilidades no site para inscrições da seleção de 2020, que vai oferecer 4.542 vagas para educadores sociais voluntários

31/01/2020 14:37 | Atualização: 31/01/2020 14:54

Victória Olímpio*

Divulgação/Secretaria de Educação de SP
A Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal (SEEDF) tornou público que as escolas da rede pública do Distrito Federal serão autorizadas, em caráter excepcional e temporário, a chamar os educadores sociais voluntários do cadastro reserva de 2019. A portaria deve será publicada no Diário Oficial do DF.

O secretário de Educação, João Pedro Ferraz, tomou a decisão devido os problemas apresentados no sistema on-line do processo seletivo de 2020, ocasionados pelo grande número de acessos por parte de pessoas que buscam uma oportunidade. Na última quarta-feira (31/1), as inscrições da seleção já haviam sido prorrogas até 2 de fevereiro, devido à instabilidades no site.
 
A área técnica da pasta, responsável pelo processo, está averiguando os problemas que estão impedindo a conclusão dos cadastros dos interessados. A SEE informou, contudo, que ninguém será prejudicado. Assim, o resultado parcial das inscrições deverá sair em 7 de fevereiro, após às 18h.  

A seleção continua em andamento, mas os problemas técnicos persistem,  o que poderia comprometer o cronograma e, consequentemente, as escolas correriam o risco de iniciar o ano letivo sem os voluntários. As inscrições para 2020 deverão ser prorrogadas novamente e o novo prazo será divulgado oportunamente.

Sobre a seleção


A Secretaria de Educação do Distrito Federal (SEEDF) oferta 4.542 vagas para educador social voluntário (ESV). Os interessados podem se inscrever até 2 de fevereiro pelo site www.educadorsocial.se.df.gov.br. Os aprovados receberão R$ 30 diários para cobrir despesas com alimentação e transporte e a capacitação dos educadores é feita na própria escola pela equipe gestora da unidade. 

A seleção ainda visa formação de cadastro reserva. Os aprovados vão atuar em 14 regionais de ensino. Os voluntários passarão por análise de currículo e entrevistas. Cada unidade escolar que aderiu ao programa formará uma comissão avaliadora, composta por três membros, que será responsável pela seleção dos educadores. 

PESQUISA DE CONCURSOS