Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

Coronavírus: GDF completa 1.000 nomeações para a Saúde este ano

Houve um aumento de mais de 60% das nomeações em relação a 2019. Novas nomeações foram publicadas no Diário Oficial local (DODF), em edição extra

29/04/2020 09:31 | Atualização: 29/04/2020 15:30

Lorena Pacheco

Divulgação/Governo do DF
O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, nomeou mais médicos (nas especialidades de anestesiologista, medicina de emergência, cardiologia, ginecologia e obstetrícia, e família e comunidade) e enfermeiros (da carreira de enfermeiro e da família e comunidade), no Diário Oficial local (DODF). A seleção dos nomeados ocorreu em 2018. 

Foram, ao todo, 151 convocações, sendo 145 só de médicos. As nomeações são em substituição às nomeações tornadas sem  efeito  em  decorrência  da  solicitação  de  reposicionamento  para  o  final  da  lista  de  classificação  ou  em  decorrência  do  não  comparecimento  para  tomar  posse  em  tempo  hábil. 

Os nomes dos contemplados foram publicados no Diário Oficial local (DODF)em edição extra desta terça-feira (28/4).
 
Com a nova convocação, apenas em 2020, a Secretaria de Saúde do DF nomeou um total de 1.000 servidores, sendo 773 médicos, 152 enfermeiros, 74 especialistas em Saúde e um técnico em Saúde. A título de comparação, em 2019 foram nomeados 376 profissionais de saúde, sendo 200 médicos, 131 técnicos de enfermagem, 27 especialistas em Saúde e 18 enfermeiros. Um aumento de 62%.  
 
Leia também: Mais 413 profissionais da saúde são nomeados na rede pública do DF 

“Essas nomeações representam muito para a saúde do Distrito Federal, especialmente para fortalecer o combate contra a pandemia da Covid-19”, diz o secretário de Saúde, Francisco Araújo. “Há um esforço de gestão para garantir o melhor atendimento à população e isso passa pelo reforço de mais profissionais na rede pública”. 

A subsecretária de Gestão de Pessoas da Secretaria de Saúde, Silene Almeida, ressaltou os esforços feitos pela gestão para promover várias nomeações dos concursados. A Saúde, colocada como prioridade pelo governador Ibaneis Rocha, facilitou a articulação integrada entre os órgãos do GDF para que tudo fluísse com eficiência e rapidez.

“Desde o início da gestão já foram convocados 773 médicos das mais diversas especialidades, fortalecendo a Atenção Primária e incrementando a Secundária e Hospitalar, deixando a nossa rede mais robusta e preparada para os grandes desafios, como a pandemia que assola o mundo”, declarou a subsecretária.


O que devem fazer os convocados 

A relação de documentos que devem ser apresentados pelos nomeados pode ser conferida aqui. Os profissionais têm até 30 dias corridos, a contar da data da nomeação, para serem empossados. Após essa etapa, eles terão cinco dias para entrar em exercício. A data do Curso de Acolhimento para Novos Servidores, que é obrigatório, ainda será definida. 


* Com informações da Agência Brasil 

PESQUISA DE CONCURSOS