Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

A mitologia da administração do tempo

22/01/2016 11:28

William Douglas

Frequentemente sou abordado por consurseiros que, sobrecarregados, não conseguem dar conta da leitura e exercícios inerentes à sua preparação. Esse índice duplica quando um novo ano recomeça e, muitos, cumprindo suas resoluções de ano novo, recomeçam ou dão início a uma nova jornada de estudos. Por esse motivo é sempre importante falar sobre a administração do tempo para concursos de tempos em tempos e, assim, deixar essa importante parte do estudo sempre fresca na memória concurseira.

Na preparação, administrar bem o tempo não apenas é importante, mas indispensável e prioritário, afinal, é somente quanto tomamos as rédeas de nosso tempo que conseguimos colocar a vida em ordem. E, vale anotar, há momento para lazer, diversão e família, sem culpa, em uma vida bem administrada.

Por isso é importante iniciar, desfazendo mitos. Um deles, o principal em minha opinião, é acreditar que a administração do tempo fará com que sua vida se torne chata e burocrática. Ao contrário do que a maioria das pessoas pensa quando ouve os termos “administrar” e “otimizar” associados ao tempo, ao se passar a gerenciar eficientemente o cotidiano, aumenta-se o período destinado ao trabalho e estudo, mas também ao lazer, família, compras e festas, enfim, passamos a otimizá-lo para todas as atividades. Portanto, planejá-las não vai tirar a espontaneidade e o prazer da vida, ao contrário, dará mais tempo a elas.

Outro mito frequente é o de que existe apenas uma maneira correta de gerenciar o tempo. Cada pessoa administra suas atividades de acordo com sua necessidade e não existe apenas uma maneira correta de fazê-lo. Não há uma solução mágica para resolver os problemas de falta de tempo, mas, no geral, é necessário mudar radicalmente a rotina. Para começar essa revolução você vai precisar, em primeiro lugar, compreender como funciona o seu dia determinando quais são as atividades que você realiza ao longo dele; qual a duração delas; quais as que podem ser delegadas e; quais atividades podem ser adiadas para depois de sua aprovação.

Não me refiro aqui à horas de sono, vida social ou familiar, muito menos a momentos de atividade física. Se você pensou em adiar ou eliminar alguma dessas atividades, cuidado! Nós podemos reduzi-las, mas não eliminá-las. Estas atividades são essenciais para você estar saudável. O sono é vital para sua preparação, porque é o período no qual o cérebro converte as informações apreendidas ao longo do dia em memória de longo prazo. Ao dormir e fixar a matéria, você evita, por exemplo, aquela sensação de estudar e não reter conteúdo. O tempo com a família ou de lazer, quando não são tratados como fugas mentais, atuam como momentos de relaxamento e de recuperação das energias para retomar os estudos. Em relação à atividade física, sempre repito, quase como um mantra: “mente sã, corpo são”, se você não está saudável, se o seu corpo não está preparado para a maratona dos concursos você vai acabar desistindo antes de cruzar a linha de chegada, portanto, mantenha suas atividades físicas regulares.

Um último mito é o de que apenas concurseiros experientes conseguem e podem se organizar e administrar bem o tempo. Seja você um concurseiro experiente ou um novato na corrida, você pode começar desde já a exercitar o gerenciamento do seu tempo. Realize atividades dentro dos prazos determinados e de forma ordenada. Observe quão mais eficiente se tornará sua preparação após rever suas prioridades e modificar a maneira como você lida com o seu cotidiano. Por fim, tenha sempre em mente: a preparação para concursos envolve dedicação, autodisciplina, compromisso e organização.

Aos poucos você chega lá, tenho certeza! 2016 é uma promessa, concurseiro, não saia da fila!

PESQUISA DE CONCURSOS