Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

MPU e DPU nomeiam 146 aprovados em concursos de 2013 e 2010

13/02/2014 17:10

O Ministério Público da União (MPU) nomeou, nesta quinta-feira (13/2), 120 candidatos aprovados para o cargo de analista e 33 para técnico administrativo. AS nomeações foram publicadas na seção 2, páginas 56 a 67, do Diário Oficial da União. De acordo com a publicação, a posse dos candidatos ocorrerá no prazo de 30 dias. As nomeações foram para lotações no Acre (5), Alagoas (2), Amapá (3), Amazonas (2), Bahia (5), Ceará (1), Distrito Federal (95), Espírito Santo (1), Maranhão (1), Mato Grosso (2), Minas Gerais (2), Pará (1), Paraíba (1), Pernambuco (1), Piauí (1), Rio Grande do Norte (1), Rondônia (3), São Paulo (12), Rio de Janeiro (3), Rio Grande do Sul (3), Roraima (6) e Tocantins (3). As atividades serão desempenhadas nas unidades do Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público do Trabalho (MPT), Ministério Público Militar (MPM) e Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT). Segundo o edital de abertura, o certame ofertou 263 vagas, além de cadastro reserva. Foram reservadas 16 chances para candidatos com deficiência. Os salários vão de R$ 4.575,15 a R$ 7.506,54. Para concorrer ao cargo de analista - com oferta de 226 chances - o candidato devia ter diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior. Algumas especialidades pediam ainda registro profissional na área de interesse. As vagas foram distribuídas em diferentes especialidades, entre elas: arquivologia, biblioteconomia, comunicação social, educação, estatística, clínica médica, psiquiatria, arquitetura, contabilidade, economia, engenharia civil, geografia, oceanografia e odontologia. Já para o cargo de técnico foram ofertadas 37 oportunidades, nas áreas de atividade de apoio técnico-administrativo e saúde. Exigiu-se conclusão de nível médio ou curso técnico, entre outros requisitos, particulares a cada chance. DPU Também foram publicadas as nomeações de 26 candidatos aprovados no concurso aberto em 2010 pela Defensoria Pública da União, com oferta de 311 vagas. Os cargos contemplados foram os de analista técnico administrativo, economista, técnico em assuntos educacionais, contador e assistente social. As vagas são para o Distrito Federal, Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul, Goiás, Alagoas, Amazonas, Rio Grande do Norte, Acre, Rio de Janeiro, Bahia, Maranhão São Paulo, Piauí e Tocantins. A publicação pode ser conferida na seção 2, página 70, do Diário Oficial da União. De acordo com o Cespe/UnB, organizadora da seleção, 83.877 pessoas se inscreveram no certame. A concorrência média foi de 275 candidatos por chance. Todos passaram por provas objetivas, aplicadas em todo o Brasil. Os salários variam de R$ 2.299,42 a R$ 3.532,95 para uma jornada de trabalho de 40 horas por semana. Para candidatos com ensino médio completo, as chances foram no cargo de agente administrativo (70). Quem concluiu a graduação pôde concorrer às funções de analista técnico-administrativo (88), arquivista (10), assistente social (20), bibliotecário (10), contador (18), economista (20), psicólogo (5), sociólogo (20), técnico em assuntos educacionais (30) e técnico em comunicação social (20).

PESQUISA DE CONCURSOS