Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

TJRJ, Celg e outros dois órgãos abrem inscrições para 463 vagas nesta segunda

Há chances para os níveis médio, técnico e superior com salários de até R$ 11,9 mil

29/09/2014 10:07

Do CorreioWeb

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ), a Celg Distribuição, o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) e a Procuradoria Geral de Niterói abrem hoje (29/9) o período de inscrições dos concursos que, juntos, oferecem 463 oportunidades. As chances são para profissionais de nível médio, técnico e superior, com salários que vão de R$ 1.881 a R$ 11.925. Confira os detalhes a seguir.

TJRJ

São 90 vagas para o cargo de técnico de atividade judiciária sem especialidade – que exige nível médio. Interessados podem se inscrever até o dia 15 de outubro por meio do site da banca organizadora, a Fundação Getulio Vargas (FGV). A taxa de participação é de R$ 58. A seleção é válida por 1 ano, podendo ser prorrogada por igual período.

Do total de chances, 5% estão reservadas a candidatos com deficiência. O salário é de R$ 3.518,13 por jornada de trabalho de 40h semanais. Haverá prova objetiva no dia 23 de novembro, das 8h às 13h.

Celg
São 300 oportunidades para cargos de analista de saúde, gestão e técnico. Além destes, há também vagas destinadas à assistente de gestão, operações e técnico. As inscrições podem ser realizadas até o dia 16 de outubro, por meio do site www.cs.ufg.br. A taxa varia de R$70 a R$ 130, conforme o cargo desejado.

A remuneração varia entre R$ 1.881,00 e R$ 3.630,00 e considera as jornadas de 20h, 30h ou 40 horas semanais. Para concorrer, os interessados devem apresentar formação de níveis médio, técnico ou superior, obtida na área da vaga pretendida.

Os locais de atuação são os municípios goianos de Águas Lindas, Anápolis, Cachoeira Alta, Caldas Novas, Campos Belos, Catalão, Firminópolis, Flores De Goiás, Formosa, Goianésia, Goiânia, Goiás, Iporá, Itumbiara, Jataí, Jussara, Luziânia, Morrinhos, Nova Crixás, Piranhas, Porangatu, Quirinópolis, Rio Verde, Santa Terezinha, São Luiz Montes Belos e Uruaçu, de acordo com a função pleiteada.

Os candidatos realizarão provas objetiva, discursiva, prática e de capacidade física, de acordo com o método de avaliação adotado por cada função. O resultado final será válido por dois anos, podendo ser prorrogado por igual período.

Candidatos de nível médio farão provas no dia 16 de novembro, e candidatos com nível superior serão testados em 30 de novembro.

TJRN
A seleção oferece 65 vagas para a função. A inscrição pode realizada pela internet, no site da Escola de Magistratura do Rio Grande do Norte (Esmarn), até o dia 10 de outubro. O valor da inscrição é de R$ 80.

Para participar é preciso ser formado em direito, e possuir dois anos de experiência, no mínimo. 10% das vagas é reservado para candidatos com deficiência.

De acordo com o edital, a remuneração não poderá ultrapassar o valor do vencimento das carreiras de auxiliar técnico/técnico judiciário da Justiça Estadual - R$ 2.964,36.

Haverá prova objetiva no dia 2 de novembro em Natal, além de avaliação de títulos, e curso de formação com 80 horas.

O exercício da função de juiz leigo terá o prazo máximo de dois anos prorrogável, a critério do Tribunal de Justiça, uma única vez pelo mesmo período, sem vínculo empregatício ou estatutário com o órgão.

Procuradoria Geral de Niterói
São oito oportunidades com o salário inicial de R$ 11.925. São reservadas 10% das vagas aos candidatos com deficiência. As inscrições podem ser feitas até o dia 4 de novembro. O cadastro deve ser realizado pelo site da Fundação Getúlio Vargas (FGV/Projetos), organizadora da seleção. Após preencher a ficha de cadastro, o candidato deverá efetuar o pagamento da taxa, de R$ 220.

Os candidatos interessados devem possuir diploma, devidamente registrado, de bacharel em direito, fornecido por uma instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), e inscrição na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

A primeira fase do concurso ocorrerá no dia 7 de dezembro e será composta de uma prova de 100 questões de múltipla escolha. Os 150 aprovados com melhor desempenho estarão aptos a participar da segunda etapa, que consistirá na aplicação de seis provas discursivas em fevereiro e março de 2015. Os aprovados na segunda fase enfrentarão ainda uma prova oral, a ser realizada no primeiro semestre de 2015 - provavelmente no mês de abril.

A oferta inicial é de oito vagas, mas outras poderão ser preenchidas durante o prazo de validade da seleção, de dois anos, prorrogável por igual período.

PESQUISA DE CONCURSOS