Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

Exército: resultado final do exame intelectual do concurso para área de saúde

Os profissionais selecionados farão matrícula nos cursos de formação de 2015

05/11/2014 12:45

Sílvia Mendonça

O Exército divulgou, nesta quarta-feira (5/11), o resultado final do exame intelectual do concurso público para admissão nos Cursos de Formação de Oficiais do Serviço de Saúde. Os candidatos ainda passarão pelas seguintes fases: inspeção de saúde, exame de aptidão física e revisão médica e comprovação dos requisitos biográficos. A publicação foi feita no Diário Oficial da União, a partir da página 40, da terceira seção.

Ao todo, são oferecidas 125 oportunidades para cargos de nível superior. Os profissionais selecionados farão matrícula nos cursos de 2015. O edital de abertura não informa os valores referentes aos salários dos cargos.

Do total de vagas, 110 são para o Curso de Formação de Oficiais Médicos. As especialidades ofertas, neste caso, são de anestesiologia (5), cancerologia (3), cardiologia (5), cirurgia cardiovascular (2), clínica geral (5), cirurgia vascular (3), clínica médica (5), dermatologia (2), endocrinologia e metabologia (2), endoscopia digestiva (2), gastroenterologia (2), ginecologia e obstetrícia (4), hematologia e hemoterapia (2), infectologia (2), medicina intensiva (5), medicina legal (2), nefrologia (2), neurocirurgia (2), neurologia (3), oftalmologia (2), ortopedia/traumatologia (4), otorrinolaringologia (2), patologia (2), pediatria (3), pneumologia (3), proctologia (2), psiquiatria (4), radiologia (4), reumatologia (3), sem especialidade (20) e urologia (3).

Outras cinco vagas são para o Curso de Formação de Oficiais Farmacêuticos. As restantes dez oportunidades são para o Curso de Formação de Oficiais Dentistas, nas especialidades de dentística restauradora (2), endodontia (3), periodontia (2) e prótese dentária (3).

Para participar é preciso ter concluído curso de graduação em área ou subárea de atividade que pretende desenvolver, além de possuir título de especialista (curso de especialização lato sensu), certificado ou diploma de residência, ou diploma de pós-graduação stricto sensu (mestrado e/ou doutorado) na área pretendida, e registro no órgão fiscalizador da profissão a que concorre. Também é preciso que o candidato tenha idade de, no máximo, 36 anos, e, no mínimo, 1,60m de altura (homens) ou 1,55m de altura (mulheres).

PESQUISA DE CONCURSOS