Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

CNEN prorroga seleção que ofertou 86 vagas em seis meses

Aprovados serão lotados no Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Recife, Sorocaba, Poços de Caldas, Caetié e Abadia de Goiás

18/12/2014 16:56

Do CorreioWeb

A Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) - autarquia vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) – anunciou a prorrogação da validade do concurso que ofertou 86 vagas. De acordo com a portaria, o certame fica prorrogado em seis meses, a contar do dia 30 de dezembro. Os aprovados serão lotados no Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Recife, Sorocaba, Poços de Caldas, Caetié e Abadia de Goiás.

As provas objetivas foram aplicadas no dia 27 de abril, para 2.530 inscritos, nas capitais do Rio de Janeiro e São Paulo – houve também prova de títulos. Para tecnologistas também houve prova oral, e para analistas provas discursivas.

O concurso
Houve chances para assistentes, técnicos, analistas e tecnologistas. O Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional (Idecan) foi a banca organizadora.

Para assistentes foi exigido nível médio de formação, além de curso técnico ou experiência mínima na área. O posto foi dividido em técnico em secretariado, assistente de liquidação financeira, assistente de apoio logístico, técnico em contabilidade e assistente administrativo. Salário de R$ 2.866.

Para técnico foi exigido nível médio e curso técnico em eletrotécnica, metrologia, eletrônica, química, radiologia, mecatrônica e eletromecânica. Salário de R$ 2.866.
Analistas deveriam ter graduação superior em engenharia civil, administração, ciências contábeis, tecnologia de gestão de recursos humanos, computação e enfermagem. Salário de R$ 5.206,16.

E dos tecnólogos foi exigido nível superior em física, arquitetura, química e engenharia (elétrica, química, de produção, mecânica, hídrica, ambiental, eletrônica, nuclear, física, química, entre outras). Salário de R$ 5.206,16.

PESQUISA DE CONCURSOS