Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

Saiba como adaptar o local de estudos para render mais nas provas

Todos os elementos no ambiente de estudo podem influenciar a aprendizagem

08/12/2015 10:00 | Atualização: 08/12/2015 14:36

Do CorreioWeb

Passar horas a fio debruçados nos livros e apostilas faz parte da rotina de todo candidato que se dedica a obter aprovação em concurso público. Mas quando o local onde se estuda não contribui para o aprendizado essa rotina pode não ser suficientemente produtiva e todo esforço cai por terra. De acordo com o especialista em aprendizagem e mestre em estatística pela Universidade de Brasília (UnB), Víctor Maia, tudo o que está ao redor de quem estuda pode influenciar a concentração, acentuando-a ou provocando distrações. Acredite, do som ambiente à cor da parede. Assim, para um aprendizado com mais qualidade, confira abaixo 10 dicas importantes do especialista para adaptar e organizar o seu espaço de estudo:

Tenha um lugar próprio para estudar. Opte por um espaço iluminado e bem arejado, com temperatura agradável. Em uma cadeira confortável, sente-se de costas para a porta, assim você evita se desconcentrar com possíveis movimentos. Sons e ruídos, de modo geral, não são bem vindos.


via GIPHY



Organize o seu espaço de estudo. Desorganização traz distrações. Quanto mais organizado o ambiente estiver, menos concentração você perde. A organização é fundamental para que você use menos tempo para organizar o espaço antes de estudar. Deixe ao seu alcance apenas os materiais necessários para o estudo – livros e computador, por exemplo, este somente para a busca de informações pertinentes.


via GIPHY



Na sua mesa, evite objetos de decoração, pois eles podem distrair a atenção na hora de estudar. Recomenda-se colocar somente uma foto de algo ou alguém que te motive a sempre se dedicar mais para que o seu esforço seja recompensado.


via GIPHY



Nas paredes, evite colorações fortes e vibrantes. Opte por cores mais leves - como o branco, azul e rosa claro – pois as cores vivas dificultam a concentração.


via GIPHY



Música pode ajudar, desde que sejam calmas e suaves - como a clássica e instrumental. Evite canções com letras, pois dificulta o processo de raciocínio. A melodia ajuda a amenizar o som externo, ou seja, ela bloqueia os sons indesejáveis do ambiente. Afinal, é bem difícil se concentrar com o latido do cachorro da vizinha, não é mesmo?


via GIPHY



O ideal é que estude em um ambiente que esteja iluminado pela luz natural, mas como nem todo cômodo da casa oferece essa alternativa, é melhor escolher a luz branca. Caso a iluminação ambiente não for suficiente para iluminar bem seu material de estudo, adicione também uma luz posicionada à mesa.


via GIPHY



Evite estudar deitado. A cama é um sonífero. Para as horas de estudo é preciso uma postura correta que estimule disposição.


via GIPHY



A higiene também é fundamental. Então evite estudar na mesma mesa em que faz refeições. Separe o seu ambiente de estudo dos demais.


via GIPHY



Monitore seu tempo. O ideal é que a cada 25 minutos de estudo concentrado haja um intervalo de cinco minutos para tomar água, comer alguma fruta, caminhar um pouco pela casa ou fazer um alongamento. As pausas maiores deverão ser feitas nas principais refeições do dia – café da manhã, almoço, lanche da tarde e jantar. Sem essas pequenas pausas, os estudos ficam exaustivos e o cérebro não consegue guardar as informações necessárias.


via GIPHY



Mantenha uma rotina de atividades físicas. Assim como o alongamento antes dos estudos e uma alimentação balanceada, exercícios físicos contínuos preparam o emocional do concurseiro, além de contribuir para a saúde e disposição aos estudos.


via GIPHY


PESQUISA DE CONCURSOS