Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

10 critérios curiosos que só os concursos militares exigem

Acredite se quiser! Acne, cárie e testículo único são barreiras para participar de algumas das seleções

19/03/2016 09:00 | Atualização: 18/03/2016 15:33

A Escola Naval da Marinha já promoveu concurso para formação de oficiais em que os candidatos não poderiam ser casados, ter filhos ou estar em união estável.


via GIPHY



Em concurso da Marinha para médicos, critérios como ter no mínimo de 20 dentes naturais, não ter cáries, restaurações e próteses insatisfatórias, estavam entre os itens passíveis de inaptidão ao cargo.


via GIPHY



Para ser médico da Marinha ainda é preciso ter menos de 36 anos, altura mínima de 1,54m e índice de massa corporal entre 18 e 30.


via GIPHY


Ter acne em processo inflamatório e tatuagem foram considerados condições incapacitantes para o posto de segundo tenente em concurso de oficiais da Marinha.


via GIPHY



A última seleção para aprendiz-marinheiro determinou que quem quisesse participar não poderia ser mulher e nem ser casado.


via GIPHY



Uma das condições para ingressar no concurso para o cargo de soldado da PM de Minas Gerais era que o candidato passasse por um exame para detectar o uso de drogas ilícitas por meio da coleta de amostras de cabelo ou pelo de barba, axilas e até pelos pubianos.


via GIPHY



Candidatos com testículo único, cicatrizes antiestéticas, tatuagens na cabeça, pescoço, antebraço e mãos e piercing em qualquer área do corpo (para homens) ou em regiões como o supercílio, nariz, lábios, língua, mamas e órgãos genitais (para mulheres) seriam considerados inaptos ao concurso da PM do Acre, de acordo com edital.


via GIPHY



Para ingressar como soldado 2ª classe da PM de São Paulo as restrições eram não ter cicatriz decorrente de acidentes/ferimentos/queimaduras, ter no mínimo 20 dentes naturais ou artificiais, sendo obrigatória a existência de quatro caninos e incisivos superiores e de oito inferiores restantes, além de não ter mordida aberta ou profunda.


via GIPHY



A Escola Preparatória de Cadetes do Exército de São Paulo exigiu em que os candidatos de um concurso tivessem no mínimo 1,60 de altura - 1,57 para candidatos de até 16 anos e exame que revelasse possibilidade de crescimento.


via GIPHY



Em concurso realizado no ano passado, o Exército foi obrigado pela Justiça a rever exigências como ter 1,60m, ter 20 dentes naturais, além de não admitir candidatos com Aids e sífilis.


via GIPHY


PESQUISA DE CONCURSOS