Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

Dnit solicita abertura de concurso para 367 vagas de níveis técnico e superior

O órgão aguarda autorização do Ministério do Planejamento

29/03/2017 11:17 | Atualização: 29/03/2017 17:57

Mariana Fernandes

 Edílson Rodrigues/CB/D.A Press
O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) deve abrir um novo concurso público em breve. O órgão informou ao Correio que o ministro de Estado dos Transportes, Porto e Aviação solicitou o provimento de 367 vagas de nível técnico e superior. Agora, o órgão aguarda autorização do Ministério do Planejamento.

Segundo o departamento, foram pedidas 18 vagas para técnico administrativo, 119 para técnico de suporte em infraestrutura de transporte, no nível médio. Além disso, 116 vagas de analista administrativo e 114 de analista em infraestrutura de transporte, no nível superior. 

As remunerações iniciais são de R$ 4.371,56 para técnico administrativo, R$ 4.970,16 para técnico de suporte, R$ 8.330,99 para analista administrativo e R$ 10.368,82 para analista de infraestrutura. Os valores já incluem gratificações.


A medida não cria novas vagas na estrutura no Dnit. O novo concurso servirá para repor o quadro de servidores, desfalcado com pedidos de exoneração e aposentadorias. 

Último concurso


O último concurso do Dnit para técnicos e analistas foi aberto em 2012.  Mais de 117 mil candidatos se inscreveram para 1,2 mil vagas. A concorrência média chegou a 98 pessoas por chance. Brasília foi a que obteve maior número de participantes, 28.813 no total. 

Houve oportunidades para quem tem nível médio e superior. Os salários foram de R$ 2.507,30 e R$ 7.815,81 nos cargos de analista em infraestrutura de transportes (superior), analista administrativo (superior), técnico de suporte em infraestrutura de transportes (médio) e técnico administrativo (médio). 

Quem foi aprovado foi nomeado para trabalhar no Distrito Federal e nos estados do Rio de Janeiro, Alagoas, Amazonas, Roraima, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Amapá, Paraíba, Pernambuco e Piauí. 

PESQUISA DE CONCURSOS