Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

Correios vão realizar concurso público nas áreas de segurança e medicina do trabalho

A banca organizadora será o Instituto Americando de Desenvolvimento (IADES)

03/05/2017 17:08 | Atualização: 03/05/2017 18:50

Mariana Fernandes

Facebook/Correios/Divulgação

A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (Correios) anunciou nesta quarta-feira (3/5), por meio do Diário Oficial da União,  que vai realizar um novo concurso público em breve. O certame será em âmbito nacional e irá preencher vagas nas áreas de segurança e medicina do trabalho. Ainda não há informações sobre salários e número de oportunidades, mas o certame vai abranger todas as unidades de federação, com exceção do Mato Grosso.

A seleção tem como objetivo repor o quadro de profissionais técnico-especializados dos Correios, em cumprimento às exigências de norma regulamentadora do Ministério do Trabalho. Dessa forma, as vagas são para os seguintes cargos: auxiliar de enfermagem do trabalho, técnico de segurança do trabalho, enfermeiro do trabalho, engenheiro de segurança do trabalho e médico do trabalho.

A banca será o Instituto Americando de Desenvolvimento (IADES) e as inscrições estão previstas para este mês.Os interessados poderão se cadastrar somente pela internet, no site da organizadora do concurso.

Segundo a empresa, os candidatos aprovados em todas as fases da seleção serão chamados a assinar contrato individual de trabalho com os Correios, de acordo com a classificação obtida, a localidade selecionada e as necessidades da empresa. 


Crise 


Trabalhadores dos Correios estão em greve desde o último dia 26 diante da possibilidade de privatização e demissões e o "desmonte fiscal" da empresa, com diminuição do lucro devido a repasses ao governo.

A estatal afirma que teve prejuízos de R$ 2,1 bilhões em 2015 e de R$ 2 bilhões no ano passado. Em dezembro do ano passado, foi anunciado um plano de demissão voluntária e o fechamento de agências para reduzir os gastos. Já a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect) alega que a receita tem crescido.

Segundo assessoria de imprensa dos Correios, a direção tentou novamente nesta quarta-feira (3/4) um acordo com as representações dos trabalhadores para encerrar a paralisação e ainda aguarda a finalização da reunião no Tribunal Superior do Trabalho (TST). "Nós não queremos entrar em conflito com os trabalhadores, em hipótese alguma. Estamos buscando alternativas para sair dessa situação, e tudo que pode ser realizado nas esferas gerencial e administrativa está sendo feito. Entretanto, não assumiremos compromissos que não podem ser cumpridos."

Sobre a abertura de um novo concurso público para a reposição do quadro de pessoal nas áreas de segurança e medicina do trabalho, mesmo diante da crise em questão, a estatal informou apenas que "trata-se de cumprimento de exigências de norma regulamentadora do Ministério do Trabalho". 

Último concurso

O último concurso dos Correios foi realizado em 2011. Na ocasião, a concorrência foi alta, 1.051.256 candidato se inscreveram. Foram abertas 9.190 vagas para carteiro, operador de triagem e transbordo e agente comercial, com salário–base de R$ 807,29. O Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe) foi a banca organizadora. Confira o edital e provas passados.


PESQUISA DE CONCURSOS