Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

Marinha lança concurso com salários de até R$ 8,9 mil

As vagas estão distribuídas pelos nove Distritos Navais existentes no país

17/11/2017 06:00

Anna Russi*

A Marinha abriu processo seletivo para o Serviço Militar Voluntário para Oficiais Temporários da Diretoria de Ensino da Marinha. O salário bruto inicial é de R$ 8.900. As inscrições podem ser feitas até 15 de dezembro no site da Marinha. Podem se candidatar pessoas de 18 anos e com menos de 45 no ano da incorporação. As vagas estão distribuídas pelos nove Distritos Navais existentes no país.

 

Leia mais notícias em Concursos 


É preciso ter ensino superior completo com diploma de bacharelado/licenciatura ou declaração de conclusão do curso de graduação que contenha a data de colação de grau e o histórico escolar. Para as área de tecnologia em construção naval e tecnologia em sistema de navegação, o diploma deve ser o de tecnólogo. Os aprovados terão um vínculo com a instituição, que poderá ser renovado de ano em ano, até o período máximo de oito anos, sem adquirir estabilidade.

As provas serão realizadas em 4 de março de 2018. Serão 50 questões objetivas divididas entre língua portuguesa e formação militar naval. Para médicos, a prova terá 25 questões de português e 25 de conhecimentos específicos. A bibliografia estará indicada no aviso de convocação.

Além da prova, haverá verificação de dados biográficos, inspeção de saúde, provas de títulos e verificação documental. O candidato deve escolher o Distrito Naval para o qual deseja concorrer e acessar o link da sua inscrição e o respectivo aviso de convocação. A taxa de inscrição é de R$ 120.

 

Contratações de fim de ano

O aumento do movimento do comércio no fim de ano abre oportunidades para contratações temporárias. O Sistema Nacional de Emprego (Sine) está com 2.586 vagas abertas em diversas áreas em todo o país. No Distrito Federal são 51 postos no varejo.  Pesquisa da Confederação Nacional do Comércio (CNC) estima que o setor poderá contratar 73,8 mil pessoas, 10% a mais que no mesmo período do ano passado. Segundo o Ministério do Trabalho, o aumento na demanda por trabalhadores temporários deve-se à melhora na expectativa econômica. A CNC prevê vendas de R$ 34,7 bilhões no Natal, um avanço de 4,8% em relação a 2016.

 

*Estagiária sob supervisão de Odail Figueiredo 


PESQUISA DE CONCURSOS