Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

Edital com 314 vagas para concurso da SEDESTMIDH ficará para 2018

A Sedestmidh pretende escolher a banca do concurso ainda em janeiro de 2018

06/12/2017 15:46 | Atualização: 07/12/2017 10:14

Mariana Fernandes

USP/Imagens
A Secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos (SEDESTMIDH) confirmou ao Correio que o edital do novo concurso público com 314 vagas e formação de cadastro reserva será lançado somente no primeiro trimestre de 2018. 

Em junho, a Secretaria havia informado que o certame seria lançado em breve, o que não ocorreu. Segundo assessoria de imprensa, a decisão de adiar o edital se deu porque a Sedestmidh preferiu esperar o final das investigações da polícia em fraudes em concursos públicos e assim, primar pela lisura do concurso.

A Pasta informou também que está finalizando o projeto básico de contratação da instituição que realizará o concurso, que deverá ser escolhida em janeiro de 2018.

Vagas 


As chances serão para níveis médio e superior para a carreira pública de assistência social. Os salários serão de R$ 2.600 e R$ 4.135,26, respectivamente. Além dos vencimentos, o aprovado também terá gratificações. O trabalho contará com jornada de 30 horas.

Segundo o ex-secretário Gutemberg Gomes, existe uma  defasagem de cargo em todos os setores da Pasta e o concurso irá suprir esta carência. "A realização deste concurso é um grande ganho para a Secretaria", destaca. 

As chances serão distribuídas em Centros de Referência da Assistência Social (CRAS), Centros de Referência Especializada de Assistência Social ( CREAS), Centros de Referência Especializada para População em Situação de Rua ( Centros POP) e outras unidades de serviço da Secretaria. 
 
As vagas de nível superior serão para diversas formações como pedagogo, assistente social, psicólogo, especialista em direito, nutricionista e educador social. Já as de nível médio serão para formações como agente social e técnico administrativo.

Também em junho deste ano, foi publicada no Diário Oficial local, a composição da comissão organizadora da seleção. Eles agora vão elaborar o projeto básico para a contratação da empresa que vai ser a responsável pela aplicação das fases do processo seletivo e submeter esse documento à Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão do DF. 

PESQUISA DE CONCURSOS