Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

Concursos abertos oferecem 28.773 vagas e ganho de até R$ 15,9 mil

O destaque vai para as seleções do Banco do Brasil, Inmetro e do Ministério da Previdência

22/12/2014 09:36 | Atualização: 22/12/2014 09:58

Vera Batista

Carlos Vieira/CB/D.A Press
Estudantes lotam as bibliotecas para reforçar conhecimento de olho no serviço público
Quem está se preparando para concurso público não pode se descuidar das datas importantes, mesmo durante as festas de fim de ano. Há 70 certames com inscrições abertas e 28.773 vagas disponíveis, com salários de até R$ 15,9 mil. Em 13 deles, que oferecem 113 oportunidades, as matrículas se encerram nesta semana. Devem ter especial atenção aqueles que querem trabalhar no Instituto Nacional de Metrologia (Inmetro), pois hoje é o último dia para o registro.

Das seleções abertas, a maior remuneração é para professor da carreira de magistério superior da Universidade Federal de Goiás. Neste fim de ano, por sinal, as instituições de ensino estão em alta. A Universidade de Brasília (UnB) está oferecendo uma série de oportunidades a profissionais das áreas de medicina, agronomia, veterinária, matemática, línguas estrangeiras e tradução.

“Não podemos perder o ritmo. Concurseiro descansa estudando. Vale só uma paradinha na noite de Natal. Claro que nem todos devem seguir essa regra, só os que quiserem passar nas provas”, disse o professor de direito administrativo e constitucional do Gran Cursos, Mariano Borges. Ele contou que as turmas dos cursos preparatórios voltaram a encher. O número de matrículas cresceu mais de 20% desde novembro e as empresas do ramo que passaram por aperto em 2014 começam a se reerguer. “O mercado estava muito engessado. Mas o movimento está intenso agora. Para citar um exemplo, dou aulas no dia 23, à noite, nos dias 27, 28 e 29, e depois retorno em 6 de janeiro”, destacou.

O que está causando tamanha agitação são os concursos para o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), com 87 vagas de níveis médio e superior, com salários de R$ 6,7 mil a R$ 8,9 mil — as inscrições vão até 21 de janeiro, com taxas de R$ 54,97 (médio) e R$ 70,97 (superior); e para os 1.100 postos de agente penitenciários do Distrito Federal, com ganho mensal de R$ 5,4 mil. As inscrições começam em 19 de janeiro, com taxa de R$ 77. “Em 2015, as perspectivas são boas”, disse Borges.

À espera do INSS
Também é grande expectativa dos alunos para o certame do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Desde fevereiro, a Previdência pediu ao Ministério Planejamento a abertura de 4.730 vagas, sendo 2 mil para técnico do seguro social (nível médio), 1.150 para médicos peritos (nível superior) e 1.580 para analista do seguro social (nível superior), com salários entre R$ 4,4 mil e R$ 9 mil.

O último concurso para técnico do INSS ocorreu entre 2011 e 2012. O prazo de validade expirou em 18 de abril de 2014. Até fevereiro haviam sido nomeados mais de 4 mil aprovados, ou seja, 2.500 candidatos a mais do que o número oferecido inicialmente. As vagas foram distribuídas entre as agências da Previdência Social nos 26 estados e no DF. Esse certame, no entanto, não foi suficiente para suprir a demanda de servidores do instituto que atende, em média, quatro milhões de brasileiros por mês em cerca de 1,5 mil postos espalhados por todo o país.

“Os alunos estão alvoroçados com a futura seleção do INSS. Montei uma turma para os fins de semana. Alguns poucos torceram o nariz. Botei o nome no curso de ‘direito administrativo e constitucional só para quem aguenta’. Imediatamente, a sala ficou lotada”, assinalou Borges.

Fique de olho
O fim de ano ainda oferece boas oportunidades para quem deseja entrar no serviço público. Veja algumas seleções:

Inmetro

Banco do Brasil
Petrobras Distribuidora
Ministério da Previdência Social
Ministério Público do Trabalho


PESQUISA DE CONCURSOS