Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

Após jejum, GDF nomeia mais de 240 aprovados para a Secretaria de Educação

Dezesseis áreas de conhecimento serão contempladas com novos professores

10/08/2015 18:18 | Atualização: 10/08/2015 18:22

Lorena Pacheco

Bruno Peres/CB/D.A Press
Após oito meses em que apenas cinco concursados foram nomeados para a Secretaria de Educação, o Governo do Distrito Federal nomeou mais de 240 professores aprovados para 16 disciplinas nesta segunda-feira (10/8). Os futuros servidores, que agora têm 30 dias para tomar posse, vão substituir mortes, exonerações e aposentadorias.

Eles farão parte do quadro definitivo da pasta, o que atende a uma das principais reivindicações da comissão de aprovados do último concurso, que reclamam da substituição de professores temporários no lugar de efetivos.

Mas, segundo Júlio Gregório Filho, secretário de Educação, mesmo com deficit de pessoal em algumas áreas de conhecimento, temporários deverão continuar nas salas de aula, já que o cadastro reserva do concurso para efetivos não é suficiente - atualmente, a Secretaria de Gestão Administrativa e Desburocratização analisa um processo para convocar outros 150 professores definitivos.

Os convocados atuarão nas áreas de artes (música), artes cênicas (teatro), artes plásticas, atividades, biologia, educação física, filosofia, física, geografia, história, língua estrangeira (espanhol e inglês), língua portuguesa, matemática, química e sociologia.

Leia também: Apenas cinco concursados foram nomeados para a Educação do DF neste ano

PESQUISA DE CONCURSOS