Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

ANS e mais quatro órgãos encerram inscrições de 590 vagas

As remunerações chegam até R$ 10,5 mil

20/10/2015 09:00 | Atualização: 19/10/2015 16:14

Lorena Pacheco

Ed Alves/CB/D.A Press
Agência Nacional de Saúde Suplementar

O novo processo seletivo simplificado oferece 89 vagas temporárias de nível superior, para lotação no estado do Rio de Janeiro, onde fica a sede da autarquia. Os salários variam de R$ 6.130 a R$ 3.800.

De acordo com o edital de abertura, os aprovados vão atuar nas áreas de atividades técnicas de suporte e atividades técnicas de complexidade intelectual. Podem concorrer graduados em direito, administração, economia e ciências contábeis.

Organizada pela Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (Funcab), a banca examinadora, a seleção conta apenas com provas objetivas, previstas para o dia 15 de novembro, nas cidades do Rio de Janeiro e Niterói. Confira o edital de abertura completo.

As inscrições podem ser feitas pelo site www.funcab.org, até as 23h. As taxas variam de R$ 78 a R$ 92. Cinco por cento das chances são para reservadas a candidatos com deficiência.

Defensoria Pública/RN
Foram abertas 17 vagas, além da formação do cadastro reserva, de nível superior para defensores públicos. A remuneração é de R$ 10.575,60. As inscrições vão até as 23h59, pelo site da examinadora, o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe). O pagamento da taxa, de R$ 211,50, deverá ser efetuado até 16 de novembro. A prova será aplicada em 13 de dezembro.

Os candidatos que vão concorrer ao cargo oferecido devem ser graduados em direito, ter inscrição na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), além de três anos de atividade jurídica.

A prova objetiva conta com 25 questões de múltipla escolha. Além disso, os candidatos passarão por avaliação escrita, oral e de títulos.

Do total de vagas, 5% são reservadas a candidatos com deficiência. O prazo de validade do concurso é de dois anos, contados a partir da data de publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período.

Tribunal Regional do Trabalho do Paraná

O concurso visa formar cadastro reserva nos cargos de analista e técnico judiciário. Candidatos devem ter nível médio ou superior para disputar as vagas do processo seletivo. As remunerações são de R$ 5.365,92 e R$ 8.803,97, para jornada de trabalho de 40 horas semanais. O concurso é organizado pela Fundação Carlos Chagas (FCC).

As vagas oferecidas são para as áreas judiciária, administrativa, tecnologia da informação e segurança.

A seleção vai aplicar prova objetiva de múltipla escolha, em 29 de novembro, baseada em conhecimentos gerais, como língua portuguesa, matemática e raciocínio lógico-matemático, além de conhecimentos específicos. Para os cargos de analista será aplicada, também, uma avaliação discursiva.

As inscrições vão até as 14h, pelo site da examinadora. As taxas são de R$ 90 (técnico) e R$ 110 (analista). Do total de vagas, 20% são reservadas para negros e 5% a deficientes. O concurso é válido por 18 meses.

Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba

O concurso oferece 19 vagas e cadastro para nível médio e superior. Os candidatos têm até às 14h para se inscrever pelo site da Fundação Carlos Chagas (FCC), a banca organizadora. A taxa de inscrição custa R$ 60, para nível médio, e R$ 75 para superior.

Aos candidatos que forem concorrer às vagas de nível médio, são oferecidos postos de técnico judiciário na área administrativa e de apoio especializado, com formação em programação de sistemas e operação de computadores. Para nível superior, são oferecidas vagas ao cargo de analista judiciário para a área administrativa. De acordo com o edital de abertura, as remunerações variam de R$ 5.425,79 a R$ 8.863,84.

O processo seletivo vai aplicar 60 questões objetivas de múltipla escolha, para todas as áreas. Para o cargo de analista judiciário, também será aplicada uma prova discursiva. As etapas serão aplicadas em 29 de novembro. Segundo o edital, 20% das oportunidades são reservadas aos negros e 5% para deficientes.

Agência Amazonense de Desenvolvimento Econômico e Social
O processo seletivo simplificado abriu 468 oportunidades temporárias para todos os níveis escolares. Os salários variam de R$ 820 a R$ 4.728. Os inscritos vão passar somente por análise e pontuação de currículo.

Há chances para analista administrativo, analista de TI, engenheiro (agrônomo, florestal e de pesca), médico veterinário, administrador, contador, advogado, antropólogo, assistente social, psicólogo, pedagogo, biólogo, zootecnista, jornalista, bibliotecário, estatístico, técnico agropecuário, técnico em pesca, técnico florestal, técnico em informática, assistente administrativo, motorista, cadista, condutor fluvial e auxiliar de serviços gerais.

As inscrições poderão ser feitas pelo site www.aades.am.gov.br. Segundo o edital, 10% das vagas são reservadas a pessoas co deficiência. Os aprovados atuarão no Projeto de Apoio ao Fortalecimento dos Serviços de Assistência Técnica e Extensão Rural no Estado do Amazonas.

PESQUISA DE CONCURSOS