Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

TCE/PR mantém suspensão de concurso com irregularidades no Paraná

A empresa de comunicação E-Paraná foi advertida com o cancelamento do processo seletivo que ocorreria no último domingo

04/04/2016 18:22 | Atualização: 04/04/2016 19:06

Do CorreioWeb

Uma medida cautelar realizada pelo Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE/PR) determinou a suspensão do concurso público da empresa de rádio e televisão educativa do estado, E-Paraná. As provas objetiva e discursiva seriam aplicadas no último domingo (3/4).

Segundo o TCE/PR, o cancelamento aconteceu em razão de irregularidades como a falta de uma proposta de avaliação apropriada para seleção dos candidatos habilitados e a ausência de critérios para a contratação da organizadora, Fundação de Apoio ao Desenvolvimento - Unicentro. Há ainda a oferta desproporcional de vagas em relação à necessidade de pessoal, uma vez que o certame disponibiliza 58 cargos a menos dos já existentes na empresa.

Leia mais em Notícias

De acordo com a medida cautelar, determinada pelo conselheiro Fernando Guimarães, o edital que orienta a seleção demonstrou “absoluta e completa ausência de planejamento, cumulada com a ausência do cumprimento do Princípio da Continuidade do Serviço Público, diante da disparidade de vagas ofertadas no edital e o efetivo técnico e administrativo que presta serviços à RTVE". Para o órgão, a desproporção de cargos pode gerar um apagão técnico na Rede e Televisão Educativa do Paraná.

Haverá a devolução das taxas de inscrição aos candidatos e o concurso será suspenso até que a real necessidade de vagas seja comprovada e que haja clareza sobre a contratação da instituição responsável pela aplicação do exame, por meio da elaboração de novo edital. Outras orientações do TCE são de que a seleção passe a ser por processo seletivo simplificado e que a contratação dos profissionais não seja temporária, como previsto no edital, mas sim permanente.

O concurso
A oportunidade da empresa de rádio e televisão educativa do Paraná era de 111 vagas e formação de cadastro reserva para profissionais de nível técnico e superior. A remuneração oferecida foi de até R$ 3 mil.
As chances eram para os cargos de administrador, advogado, contador, produtor artístico de radio, tv e multimídia, produtor de conteúdo, assistente de câmara, assistente técnico administrativo – RH, cinegrafista, editor de imagem, eletrotécnico, fotógrafo, produtor de moda, técnico de rádio e tv e técnico em TI.

*Com informações do Tribunal de Contas do Paraná

PESQUISA DE CONCURSOS