Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

Polícia Militar de Goiás abre concurso que oferece 2.500 vagas

Os salários vão de R$ 1.500 a R$ 5.401,43

06/09/2016 15:26

Do CorreioWeb

Reprodução/PMGO
Como divulgado pelo Correio, foi publicado nesta terça-feira (6/9), o edital referente ao novo concurso para a Polícia Militar de Goiás (PMGO). São 2.500 oportunidades de nível superior, divididas entre os cargos de soldado de terceira classe (2.420 vagas ) e cadete (80 vagas). As remunerações iniciais vão de R$ 1.500 a R$ 5.401,43, respectivamente. As inscrições podem ser feitas de 14 de setembro a 6 de novembro, e as taxas variam de R$ 110 a R$ 140.

Para participar da seleção, é preciso ter entre 18 e 30 anos de idade na data da inscrição. A altura mínima é de 1,65m (homens) e 1,60m (mulheres). Para ambos os cargos é necessário ter formação superior completa, sendo que o posto de cadete só pode ser ocupado por bacharel em direito.

Haverá aplicação de prova objetiva e discursiva para todos os candidatos nos dias 15 (soldado) e 22 (cadete) de janeiro de 2017. Nas etapas seguintes, serão realizados teste de aptidão física, avaliação médica, exames psicológicos, avaliação de vida pregressa e investigação social.

Quem for aprovado para soldado de terceira classe poderá ser lotado nas cidades de Águas Lindas, Anápolis, Aparecida de Goiânia, Catalão, Ceres, Formosa, Goianésia, Goiânia, Goiás, Iporá, Itumbiara, Jataí, Luziânia, Porangatu, Posse, Rio Verde e Uruaçu. Já as vagas de cadete são exclusivamente para Goiânia.

Salário baixo
Desde que o CorreioWeb anunciou a abertura do processo seletivo, os leitores vêm reclamando da remuneração de R$ 1.500, que tem valor inferior a dois salários mínimos.

Mulheres
Das 2.420 vagas para soldado de terceira classe, apenas 242 são destinadas a mulheres. No caso do posto de cadete, oito de 80 oportunidades são para as candidatas. Ou seja, somente 10% da quantidade total ofertada pelo concurso público.

Leia também: Para ser bombeiro no DF, mulheres têm que se submeter a papanicolau ou provar virgindade

Após mais de 70 anos, escola para cadetes do Exército abre primeiro concurso para mulheres 

PESQUISA DE CONCURSOS