Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

Terracap: especialistas dão dicas e afirmam que ainda dá tempo de se preparar

Provas do concurso deverão ocorrer em 7 ou 14 de maio

16/02/2017 09:10 | Atualização: 17/02/2017 09:58

Mariana Fernandes

IMP/Divulgação

Os concurseiros de plantão que estão de olho em uma vaga na Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap) comemoram o anúncio de que estão reabertas as inscrições para o concurso com 33 vagas imediatas e 390 para formação de cadastro reserva. E segundo o professor de informática do IMP Concursos, Deodato Neto, ainda dá tempo de se preparar, já que as provas deverão ocorrer em 7 ou 14 de maio.

Deodato explica que uma das formas de itensificar os estudos neste momento é fazer um curso presencial voltado para o certame. Além disso, o candidato também deve fazer exercícios, participar de grupos de estudos e assistir a vídeos aulas para complementar a capacitação. Ele lembra ainda que será um certame muito concorrido, mas a boa notícia é que a expectativa de que se chame muita gente do cadastro reserva é muito grande.

Deodato aconselha também que os candidatos façam muitas questões de provas anteriores realizadas pela banca organizadora, e lembra que o concurso é uma boa oportunidade para conquistar a tão sonhada estabilidade.

Leia também:
 Concurso da Terracap: salários podem ultrapassar R$ 11 mil. Inscrições abertas!

O professor de Língua Portuguesa do Centro Preparatório Jurídico, Diogo Arrais, também acredita que há tempo para os estudos, mas é preciso pensar na organização e na estrutura de preparação. "Um bom curso preparatório, um local bem iluminado para a revisão da matéria, exercícios complementares à aula, provas anteriores da banca Quadrix são questões fundamentais".
 
Para ele, quem começou a preparação agora deve se dedicar integralmente ao concurso (caso seja possível). "Além disso, ter uma boa alimentação, um sono de qualidade ajudarão muito no dia a dia das aulas e revisões. Ademais, procure responder a simulados da prova; estude o estilo da banca; tenha uma obra de questões comentadas da Quadrix. Em Língua Portuguesa, por exemplo, deve haver questões sobre Crase, Pontuação, Conectivos, Pronome.

Para finalizar, a dica do professor é manter o foco. "Acredite no seu potencial, procure ter bom humor e lembre-se disto:  em concurso público, todos têm chance".

Também de acordo com o professor de Lei Orgânica do DF, no IMP Concursos, Sérgio Gaúcho, há tempo suficiente de o candidato se preparar e obter aprovação. "Devemos lembrar que quanto menor o tempo, maior deve ser o foco. Nem sempre quem possui muito tempo para estudar se sairá melhor do que aquele que estudou menos tempo, porém, com maior qualidade"

Outra dica do professor é focar em estudos dirigidos. "Com preparação objetiva e direta, os resultados chegam, pois, estará tudo "fresco" na memória do candidato. E, para isso, é  fundamental a orientação de um bom cursinho preparatório para direcionar o estudo do candidato, principalmente, turmas de exercícios".

O candidato também precisa se atentar de que a bibliografia de cada disciplina é vasta e não adianta achar que irá conseguir ler tudo. Segundo o professor Sérgio, o conteúdo de direito administrativo, por exemplo, está extenso, então, é aconselhável estudar por meio de resumos, livros voltados para concursos e fazer muitos exercícios  no estilo da banca examinadora, com a finalidade de abordar todo o conteúdo. 

"Não adianta ficar "doutor" em um assunto e sequer ter lido os demais tópicos. Além disso, os conceitos não mudam e as questões de concursos se repetem, trocando apenas algumas expressões. Percebe-se que a Quadrix foca suas questões em conceitos, características gerais, diferenciação dos institutos e nisso reside a importância de treinar o estilo da banca."

Quanto ao tempo de estudo, Sérgio garante que isso depende de cada candidato. "Não existe um período certo e determinado, mas é aconselhável se distanciar de qualquer atividade que não seja o estudo (redes sociais, festas...) e usar o tempo integralmente para os estudos. Para quem trabalha, se possível, tire férias. Com certeza, o sacrifício será compensado".

"Sempre comento com meus alunos que a aprovação em concurso exige que o candidato coloque na cabeça que é um curto período de dedicação exclusiva que lhe garantirá tranquilidade para a vida toda. Essa conversa de que eu preciso relaxar, preciso sair, preciso conciliar estudos com outras atividades sociais só contribui para perder o foco. Com edital publicado, não existe outra alternativa,senãoa dedicação exclusiva. Converse com os familiares e explique que precisa de todo o apoio nesse período. Todos irão ganhar com a sua aprovação e terão muito tempo para recuperar os dias que você se afastou para se dedicar aos estudos. FOCO!"

O concurso


A banca organizadora é o Instituto Quadrix. Os salários variam de R$ 7.951 a R$ 11.717. Os interessados devem se inscrever a partir das 10h desta quarta-feira (15/2) até às 23h59 do dia 30 de março. As taxas de inscrição variam entre R$ 37 (nível médio/técnico) e R$ 47 (superior).

Para os cargos de nível médio o salário é de R$ 7.951,13. Para os de nível superior, R$ 11.717,56. O concurso oferece vagas para administrador, analista de sistemas, arquiteto, contador, economista, psicólogo, publicitário e engenheiro, em diversas especialidades de atuação, como engenharia agrônoma, engenharia ambiental, engenharia civil, entre outras. Os cargos de nível médio são direcionados para técnico administrativo, técnico em fiscalização e topógrafo.

O certame pretende contar com prova objetiva, para todos os empregos; prova discursiva, para todos os empregos; perícia médica, de caráter, para o candidato que se declarar com deficiência e teste de aptidão física (TAF), de caráter eliminatório, somente para os empregos de técnico em fiscalização e topógrafo. As fases referentes ao concurso público serão aplicadas no Distrito Federal.
 
As contratações dos candidatos aprovados no certame ocorrerão até 2018, podendo ser antecipadas de acordo com a necessidade da Terracap.Segundo o edital, o cronograma é passível de modificação a qualquer tempo, podendo adaptar-se às condições econômicas e financeiras da Administração, se assim for necessário.

PESQUISA DE CONCURSOS