Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

Justiça dá novo prazo para Metrô/DF convocar aprovados

Ação civil corre na Justiça há sete meses

28/03/2017 14:19

Lorena Pacheco

Rodrigo Nunes/Esp. CB/D.A Press
O caso da convocação dos aprovados para segurança do Metrô do Distrito Federal teve mais um desdobramento. Desta vez, a Justiça do Trabalho concedeu oito dias para que a companhia chame os candidatos classificados no concurso de 2013 para substituir os terceirizados. A decisão foi tomada no julgamento de uma ação civil movida pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) em agosto do ano passado.


Na época, o Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região deu 20 dias para que o Metrô realizasse as convocações. Mas, de acordo com a assessoria do TRT, a empresa entrou com embargo de declaração alegando que não está autorizada a fazer as nomeações, pois o GDF ultrapassou o limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal, o que resultou no atraso do processo.

A decisão de agora também cabe recurso, porque se encontra em primeira instância, e pode chegar ao crivo do Tribunal Superior do Trabalho caso haja um segundo recurso.

A assessoria do Metrô/DF informou ao Correio que aguarda a publicação da decisão judicial e que seu maior interesse é a contratação dos concursados.

PESQUISA DE CONCURSOS