Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

Novas autorizações para concursos do Executivo federal sairão só em 2019

Número de aposentadorias deverá ser compensado

26/09/2017 13:55 | Atualização: 26/09/2017 14:14

Lorena Pacheco

Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press
O Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão espera que se aposentem nos próximos dez anos cerca de 40% dos servidores em exercício. Para repor esse pessoal e fazer com que a máquina pública continue funcionando, novas autorizações deverão ser publicadas somente a partir de 2019, segundo a assessoria de imprensa do órgão.


Por enquanto, os concursos públicos do Executivo federal permanecem suspensos como medida de ajuste fiscal. “Não há, até o momento, qualquer definição sobre quantitativo e destinação de vagas, já que os órgãos têm até 31 de maio de cada ano para encaminhar seus pedidos de novos certames. Após este período em 2018, o Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MP) analisará todas as solicitações”, afirmou a assessoria.

Mapa

Falando em vagas para o Poder Executivo, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) publicou no Diário Oficial da União desta terça-feira (26/9) o mais novo edital de concurso público do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). São 300 vagas imediatas, sendo 60 reservadas a negros e 15 para pessoas com deficiência. O cargo em questão é o de auditor fiscal federal agropecuário da área de medicina veterinária. O salário inicial é de R$ 14.584,71, para 40 horas de trabalho semanal. Concorra e leia dicas para aprovação aqui.

TRF-5

Ainda no âmbito federal, mais agora falando do Poder Judiciário, o Tribunal Regional Federal da 5ª Região também lançou edital de concurso público nesta semana. São 14 oportunidades imediatas e cadastro reserva para técnicos e analistas judiciários. Os salários chegam a R$ 10.461,90. Saiba as áreas abertas aqui.

PESQUISA DE CONCURSOS