Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

Você está preparado para a prova de matemática dos concursos da PMDF e SES/DF?

Ambos os concursos estão com inscrições abertas e os dois vão cobrar matemática e raciocínio lógico dos candidatos

17/03/2018 08:00 | Atualização: 16/03/2018 21:46

Lorena Pacheco

Juliana Espanhol/Esp. CB/D.A Press
Você se considera um concurseiro de exatas? A pergunta pode definir quem passa ou não em concursos públicos de órgãos locais, como a Polícia Militar (PMDF) e a Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES/DF). Ambas as seleções estão com inscrições abertas e vão cobrar tanto matemática quanto raciocínio lógico nas provas. Cada órgão reservou cinco questões para as disciplinas, que merecem atenção especial dos candidatos, principalmente se a dificuldade com os números já está enraizada.


Segundo Ricardo Moura, professor de psicologia e pesquisador na área de cognição numérica da Universidade de Brasília (UnB), questionar “por quê as pessoas têm dificuldade com matemática” é fazer a pergunta de R$ 10 milhões. “O fato é que muitas razões podem contribuir para isso, como questões educacionais qualidade do ensino e pelas próprias características da disciplina, por exemplo. Se compararmos com o português, a matemática é uma língua muito mais diversa, que vai muito além do raciocínio quantitativo, ela tem uma linguagem própria. Dessa maneira, atos como escrever os números, entender a sintaxe numérica, converter um numero é complexo. A matemática é muito mais heterogenia do que muitas disciplinas.”

Já com maior foco nas provas de concurso público, o professor de matemática Helder Monteiro, do IMP Concursos, acredita que a maioria das pessoas tem dificuldade com raciocínio lógico. “Muitos misturam o conceito que aprendemos na sala de aula com a lógica da vida, do dia a dia, pois não entendem que são contextos completamente diferentes. As pessoas tentam interpretar onde não cabe interpretação. No raciocínio lógico em si, tudo é padrão de resolução, não tem interpretação.” Outra grande dificuldade encontrada pelo especialista em seus alunos é o ensino de análise combinatória e probabilidade. “Aí sim a resolução dos exercícios envolve muita interpretação de texto e é onde mora a dificuldade. Só interpretando bem a questão você consegue saber, por exemplo, que nem todos os dados de uma questão deverão ser usados para resolver um item.”

Teste seus conhecimentos

Para ajudar os concurseiros que tem dificuldades com as matérias, Monteiro respondeu e comentou 10 questões de concursos públicos que disponibilizamos abaixo para os leitores do Concursos. Bons estudos!

 

[FOTO1125555]


PESQUISA DE CONCURSOS