Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

Polícia Civil do DF é autorizada a abrir concurso com 300 vagas para escrivão

As vagas são para profissionais de nível superior

01/08/2018 09:55 | Atualização: 01/08/2018 18:56

Mariana Fernandes / Elvis Costa* /

PCDF/Divulgação
A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) foi autorizada a realizar um novo concurso público com 300 vagas para o cargo de escrivão. A informação foi publicada pela Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão do Distrito Federal (Seplag/DF), no Diário Oficial desta quarta 91/8). O cargo exige nível superior em qualquer área de atuação e o salário inicial é de R$ 8.698,78.

Com a autorização, a PCDF deverá definir agora a comissão organizadora, a banca responsável e só então publicar o edital de abertura. Ainda não há previsões de datas.

Outras 1.800 vagas para agente de polícia foram solicitadas pelo órgão e encaminhadas à Seplag em fevereiro. Mas, em abril o TCDF impossibilitou a corporação de abrir um novo concurso para o cargo, já que existem 217 excedentes que poderiam ser prejudicados com a abertura de um novo edital.  Porém,  nesta terça-feira (31/7), uma decisão do tribunal determinou que os candidatos já aprovados sejam convocados para um novo curso de formação e liberou a PCDF para realizar um novo concurso para agentes. Saiba mais aqui.

 

A PCDF, por sua vez, informou que até o momento não foi comunicada oficialmente sobre a decisão.

Autorização publicada no Diário Oficial
  Déficit de empregados

De acordo com dados do Portal da transparência do Distrito Federal, há atualmente 4.102 postos vagos na Polícia Civil do DF. Sendo, agente policia de custódia (452), agente de polícia (2750), escrivão (398), papiloscopista (240), perito médico legista (83) e perito criminal  (179). 

Somente para a carreira de agente de polícia, conforme a Lei nº 12.803, foram aprovadas 5.649 vagas, porém,  2.750 estão desocupadas. Já o cargo de escrivão conta com a aprovação de 1.000 vagas e 398 estão vagas. Confira aqui o quadro completo sobre cargos vagos e ocupados na PCDF.

Leia tambémCriada comissão para organizar concurso com 750 vagas para gestor e analista do GDF
Secretaria de Educação do DF é autorizada a abrir nova seleção pública
Defensoria Pública do DF ratifica autorização para concurso com salário de R$ 22 mil

Últimos concursos

Em 2013, a PCDF realizou o último concurso para escrivão e ofertou 98 vagas imediatas e 196 para cadastro reserva, com salários de R$ 7.890,05. No mesmo ano, também houve o concurso com 300 para agentes e formação de cadastro reserva com 600 vagas. O Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB) foi a banca organizadora.

Nos dois certames, foram nomeados todos os aprovados a exceção dos candidatos aprovados em condição sub judice sem determinação judicial para nomeação.

Os candidatos foram avaliados em provas objetivas e discursivas, com questões de língua portuguesa, noções de informática, raciocínio lógico, atualidades, noções de direito constitucional, administrativo, penal, processual penal, legislação específica e penal extravagante. Além disso, houve teste de capacidade física, avaliação psicológica, sindicância de vida pregressa, investigação social, avaliação de títulos e curso de formação profissional.

Há três anos atrás, foi publicado edital com 417 vagas para delegado, papiloscopista e perito médico-legista. Nessa seleção, a  Fundação Universa foi a banca organizadora.
 
No mesmo ano, foram abertas mais 100 vagas para perito criminal de terceira classe. A função tem remuneração de R$ 16.830,85, para 40 horas de trabalho semanal. O concurso foi realizado pelo Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades).

Estagiário sob supervisão de Humberto Rezende.

PESQUISA DE CONCURSOS