Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

Seleção da SES/DF tem menos de um candidato por vaga, apesar de altos salários

População do DF sofre com a falta de pediatras n os hospitais regionais

02/06/2014 14:35 | Atualização: 03/06/2014 11:10

Lorena Pacheco

Apesar da oferta de 80 vagas imediatas e salários até R$ 17,6 mil, a seleção simplificada da Secretaria de Saúde do Distrito Federal contabilizou apenas 13 inscritos. Desse total, somente cinco candidatos validaram sua participação no certame ao entregar os documentos para avaliação de currículos e comprovação de títulos. Com a baixa participação, a concorrência ficou abaixo de zero, com 0,06 candidatos por chance.

Os motivos da pouca procura não foram explicados pela SES/DF. A assessoria da pasta apenas afirmou ao CorreioWeb que “a falta de pediatras é uma realidade nacional”, e que para suprir a carência de profissionais de saúde, dentre eles pediatras, foi publicado concurso público na semana passada, com 76 vagas imediatas e 110 para formação de cadastro reserva na especialidade (saiba mais sobre o concurso aqui).

Ainda segundo a SES/DF, os aprovados na seleção já estão em exercício. De acordo com o edital processo seletivo simplificado, as 80 vagas são temporárias e os salários variam de R$ 8,8 mil, para 20 horas de trabalho semanal, a R$ 17,6 mil, para 40 horas. Os contratos têm validade de um ano, com possibilidade de prorrogação por pelo mesmo período.

Atualmente, duas pediatrias sofrem com a falta de profissionais no DF. Em Santa Maria a unidade hospitalar está fechada e no Gama o atendimento só é realizado de sábado à terça-feira.

PESQUISA DE CONCURSOS