Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

Secretaria de Educação/MG abre concurso com mais de 17 mil vagas

Dez por cento das chances são destinadas a candidatos com deficiência. Inscrições já estão abertas

26/11/2014 09:42

Do CorreioWeb

A Secretaria de Educação de Minas Gerais lançou novo concurso público com 17.630 oportunidades. As vagas são para nível superior e foram distribuídas em quatro editais. As jornadas de trabalho variam de 8h a 30h por semana. Já as remunerações vão de R$ 1.005,46 a R$ 1.455,30. Dez por cento das vagas são destinadas a candidatos com deficiência.

O primeiro edital oferece 13.459 vagas para educação básica, nas funções de assistente técnico (90), especialista (1.107), além de professor de artes (784), de biologia (1.186), educação física (939), filosofia (261), física (909), geografia (864), historia (831), inglês (1.726), espanhol (36), língua portuguesa (1.478), matemática (1.439), química (635) e sociologia (385).

Já o segundo edital são 1.648 oportunidades para professor de ensino religioso. O terceiro edital abre 1.237 chances. Do total, 1.202 são para professor de música, 18 para professor de artes cênicas e 17 para professor de artes plásticas.

Por fim, o quarto edital oferece 1.286 vagas também para professor. As oportunidades são distribuídas nas seguintes especialidades: orientação educacional (11), supervisão pedagógica (21), anos iniciais do ensino fundamental (202), artes (10), educação física (16), ensino relogioso (8), física (1), geografia (2), língua portuguesa (3), matemática (3), intérprete de libras (384) e sala de recursos (625).

Os candidatos serão submetidos a prova objetiva, no dia 8 de março, além da avaliação de títulos. Quem se interessou já pode se inscrever. O Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC) vão receber os registros em seu site até às 23h59 do dia 11 de janeiro. As taxas variam de R$ 30 a R$ 45, de acordo com a área escolhida.

O certame tem validade de dois anos, contados a partir da homologação, podendo ser prorrogado por mais dois anos.

PESQUISA DE CONCURSOS