Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

Amazul deve suspender resultado de concurso, recomenda MPF

Empresa pública federal tem 10 dias para informar se vai acatar recomendações

25/08/2015 14:28

Lorena Pacheco

Os servidores que tomaram posse como técnico de desenvolvimento em tecnologia nuclear, cargo aberto em 2014 pela Amazônia Azul Tecnologias de Defesa (Amazul), podem ter sua nomeação anulada. De acordo com o Ministério Público Federal em São Paulo, o resultado para a área de operador de processo I foi calculado errado e deve ser suspenso.

A Amazul teria realizado o teste de aptidão física de forma classificatória e eliminatória, acrescentando desta maneira a nota do teste à nota das provas objetivas. A soma, porém, contraria o edital do concurso, que determina que a fase deve ser apenas eliminatória. Ou seja, quem não conseguiu classificação na etapa está automaticamente eliminado. A avaliação de títulos também não teria sido concluída.

Assim, além da suspensão do resultado, o MPF recomenda que a Amazul convoque os candidatos aprovados na reclassificação. A empresa tem 10 dias para informar se vai acatar as medidas.

PESQUISA DE CONCURSOS