Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

Defensoria Pública de São Paulo abre concurso com 46 vagas para oficial e agente

A Fundação Carlos Chagas é a organizadora da seleção. As provas ocorrem em 15 de novembro

14/09/2015 13:47 | Atualização: 14/09/2015 14:53

Sílvia Mendonça

Divulgação/DPE-SP
A Defensoria Pública de São Paulo (DPE/SP) lançou, nesta segunda-feira (14/9), dois editais de concurso com 46 vagas, além de cadastro de reserva, para níveis médio e superior. A organização do certame é de responsabilidade da Fundação Carlos Chagas (FCC). Do total de oportunidades, 5% são reservadas a pessoas com deficiência e 20% a negros e indígenas. Haverá provas objetivas em 15 de novembro para todos os cargos – candidatos a postos de nível superior ainda passarão por prova discursiva.

O primeiro edital oferece oportunidades, apenas em cadastro reserva, para o cargo de oficial de defensoria pública. Para concorrer ao salário de R$ 2.300, é preciso ter nível médio completo, além de Carteira Nacional de Habilitação na categoria “B”. Já o segundo documento, oferece 46 vagas imediatas e formação de cadastro de reserva no posto de agente de defensoria pública. Neste caso, o salário é de R$ 5.500 e os candidatos devem ter nível superior na área de interesse.

Em nível superior, as vagas são distribuídas entre as seguintes especialidades: administrador, administrador de bancos de dados, administrador de redes, analista de sistemas, analista de suporte, arquiteto, arquivista, assistente social, biblioteconomista, cientista social (sociólogo), comunicação social, contador, design gráfico, engenheiro civil, engenheiro eletricista, engenheiro mecânico, engenheiro de redes, engenheiro de telecomunicação, estatístico, pedagogo, programador, psicólogo, relações públicas e secretário executivo bilíngue.

Interessados podem se inscrever a partir de 16 de setembro até 9 de outubro, pelo site da banca examinadora. As taxas de participação são de R$ 115 (nível médio) e R$ 142,50 (nível superior). O concurso tem validade de dois anos e pode ser prorrogado por igual período.

PESQUISA DE CONCURSOS