Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

Telebras e Defensoria Pública/RN abrem prazos de inscrição nesta segunda-feira

Ao todo, são 58 oportunidades em jogo, para cargos de níveis médio e superior

21/09/2015 10:57

Sílvia Mendonça

Telebras
A Telecomunicações Brasileiras S.A (Telebras) oferece 41 vagas, além de cadastro de reserva, para cargos de níveis médio e superior. Os salários são de R$ 2.612,64 e R$ 6.929,58, respectivamente. Interessados podem se inscrever até 6 de outubro, pelo site da examinadora, o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe). As taxas de participação são de R$ 90 (nível médio) e R$ 140 (nível superior).

Em nível superior, os postos abertos são de especialista em gestão de telecomunicações, em diversas especialidades. Há oportunidades para advogado, contador, e profissionais nas seguintes subatividades: administrativo, auditoria, comercial, estatística, finanças, engenharia civil, engenharia da computação, eletricista ou eletrônico, engenharia de redes e engenharia de telecomunicações. Para nível médio, o cargo oferecido é de técnico em gestão de telecomunicações. Todos os postos são para jornada de trabalho de 40 horas semanais.

O concurso conta com provas objetiva e discursiva, agendadas para 15 de novembro. Candidatos a cargos de nível superior ainda serão submetidos à avaliação de títulos. Todas as etapas serão realizadas em Brasília.

Do total das chances, 5% são reservadas a pessoas com deficiência e 20% para candidatos negros. O concurso terá validade de dois anos, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período.

Defensoria Pública/RN
A Defensoria Pública do Rio Grande do Norte (DPE/RN) oferece 17 vagas, além da formação do cadastro reserva, de nível superior para o cargo de defensor público. A remuneração é de R$ 10.575,60. As inscrições vão até 20 de outubro, no site da examinadora, o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe). O pagamento da taxa, de R$ 211,50, deverá ser efetuado até 16 de novembro. A prova será aplicada em 13 de dezembro.

Os candidatos que irão concorrer ao cargo oferecido devem ser graduados em direito, ter inscrição na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), além de três anos de atividade jurídica.

A prova objetiva conta com 25 questões de múltipla escolha. Além disso, os candidatos passarão por avaliação escrita, oral e de títulos.

Do total de vagas, 5% são reservadas a candidatos com deficiência. O prazo de validade do concurso é de dois anos, contados a partir da data de publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período.

PESQUISA DE CONCURSOS